Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5977
Título: Repercussões electrocardiográficas em canídeos com doença mixomatosa da válvula mitral avaliados ecocardiograficamente
Autor: Baptista, Sandra Isabel Pereira
Orientador: Cruz, Luís Miguel do Amaral
Luís, José Paulo Sales
Palavras-chave: Doença mixomatosa da válvula mitral
remodelação cardíaca
eletrocardiografia
sobrecarga de volume
dilatação atrial esquerda
hipertrofia excêntrica
myxomatous mitral valve disease
cardiac remodelling
electrocardiography
volume overload
left atrial dilatation
eccentric hypertrophy
Data de Defesa: 16-Jul-2013
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Baptista, S.I.P. (2013). Repercussões electrocardiográficas em canídeos com doença mixomatosa da válvula mitral avaliados ecocardiograficamente. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa
Resumo: A doença mixomatosa degenerativa da válvula mitral (DMVM) é a doença cardiovascular adquirida mais comum em cães. A sobrecarga de volume consequente à doença promove remodelação cardíaca com dilatação do átrio esquerdo (AE) e hipertrofia excêntrica (HE) do ventrículo esquerdo (VE). O objetivo deste estudo passou por avaliar as repercussões dessa remodelação no eletrocardiograma (ECG). Para tal foram avaliados ecocardiograficamente 37 canídeos com DMVM nos estadios B1, B2 e C segundo a classificação da ACVIM, com posterior avaliação eletrocardiográfica. Verificou-se que o ECG apresenta pouca sensibilidade na deteção do alargamento do AE (33,3%) e do VE (4,3%) e elevada especificidade em ambos. A frequência cardíaca (FC) tendeu a aumentar com a gravidade da insuficiência cardíaca (IC), assim como a prevalência de alterações patológicas do ritmo.
ABSTRACT - Electrocardiographic repercussions of the myxomatous mitral valve disease in dogs after echocardiographic evaluation - The myxomatous mitral valve disease (MMVD) is the most common acquired cardiovascular disease in dogs. The resulting volume overload causes a cardiac remodelling with a dilation of the left atrium and an eccentric hypertrophy of the left ventricle. This dissertation studies the repercussions of the cardiac remodelling by electrocardiographic evaluation. 37 canines in the B1, B2 and C stages of the MMVD disease (by the ACVIM classification) were subjected to echocardiographic assessment followed by electrocardiographic evaluation. The ECG presented low sensibility to classify the left atrium and left ventricle dilation (33.33% and 4,3%) though high specificity for both was verified. The density of pathological rhythms and the heart rate itself were found to have a tendency to increase with the severity of the cardiac insufficiency.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5977
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.