Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5950
Título: Área curricular não disciplinar de Formação Cívica: diagnóstico da sua operacionalização e identificação de práticas e metodologias
Autor: Lopes, Maria da Conceição Marques
Orientador: Cardim, Maria Engrácia Carvalho dos Reis Janela
Palavras-chave: Cidadania
Democracia participativa
Formação cívica
Implementação
Parcerias educativas
Políticas públicas
Citizenship
Civics
Educational Partnerships
Implementation
Participatory Democracy
Public Policy
Data de Defesa: 4-Jun-2013
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: A recente revisão da estrutura curricular dos 2º e 3º ciclos do ensino básico e secundário, entre várias medidas, produziu a eliminação das Áreas Curriculares Não Disciplinares (ACND), nomeadamente, a de Formação Cívica (FC). Esta área constituía um espaço e um tempo onde se promovia a formação para a cidadania e onde se concretizavam projetos nos quais os alunos eram envolvidos na sua relação com a sociedade, em geral e a comunidade, em particular, desenvolvendo competências de Saber Fazer e de Saber Ser. A ausência de um trabalho de monitorização sobre o que efetivamente vinha a ser realizado nas escolas no âmbito da disciplina, levou-nos a recolher e a identificar práticas, metodologias, experiências externas e perceções junto de professores e de alunos. Nesse sentido, procedemos à aplicação de questionários a 18 escolas, abrangendo, no total, 18 professores e 382 alunos do 9º ano de escolaridade. Os resultados permitiram evidenciar que na ACND de FC os professores tratavam preferencialmente de assuntos de dimensão pessoal e social, circunscritos à turma e à comunidade, não privilegiando a educação política e administrativa. Em relação ao recurso a parcerias externas, a sua intervenção é pontual, provavelmente por não estarem alicerçados protocolos orientadores.
The recent revision of the curricular structure of 2nd and 3rd cycle secondary and basic level education in Portugal, among other policies, produced the elimination of curricular areas namely, Civic Education. This was the place and the time where and when civics educational projects were developed in which students were involved towards their relationship with society and community, increasing their know how and a learn to be skills. The lack of a monitoring upon the work that was actually being done in schools within this discipline, took us to collect and identify practices, methodologies, external experiences and perceptions among teachers and students. Therefore, we applied questionnaires to 18 schools, covering a sample of 18 teachers and 382 students attending the 9th secondary grade. The results showed that ACND CF teachers dealt preferentially issues within personal and social dimensions, related to the classroom and the community, not focusing on education policy and administration. Regarding the use of external partnerships, their intervention was scarce, probably because they have not grounded guiding protocols between partnerships.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Ciência Política
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5950
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.