Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/590
Título: Modelação da produtividade da Pseudotsuga [Pseudotsuga menziesii(Mirb.) Franco] em função dos factores de estação
Autor: Tomé, Margarida
Fontes, Luís
Luís, Jaime Sales
Savill, Peter
Palavras-chave: pseudotsuga
modelo
produtividade
Data: Mai-2005
Editora: SPCF
Citação: Congresso Florestal Nacional, 5º, Viseu, 2005
Resumo: Embora a área plantada de pseudotsuga em Portugal corresponda somente a 0.1% do total da área de ocupação florestal Nacional, o crescimento rápido da espécie tem sido localmente reconhecido. Esta espécie encontra-se distribuída pelas regiões montanhosas do norte e centro do país. O estudo do potencial da espécie em Portugal teve por base a modelação do crescimento em altura dominante e a modelação da produtividade em função dos factores de estação. O índice de qualidade de estação da pseudotsuga em Portugal foi modelado com base em 15 povoamentos e 39 parcelas de amostragem nas quais se recolheu informação relativa aos solos, clima e topografia. A análise dos dados seguiu 3 passos: (1) selecção dos factores de estação relacionados com a produtividade da pseudotsuga; (2) escolha dos modelos candidatos para explicar a sua variação estacional; (3) selecção do melhor modelo candidato. O melhor modelo de regressão linear múltipla explicou 76% da variação do índice de qualidade de estação só com variáveis que estão facilmente disponíveis. O modelo desenvolvido com base nos dados da estação em formato digital explicou 54% da variação no índice do local e traçou as áreas com potencial para o crescimento da pseudotsuga em Portugal. Em função deste modelo estima-se em 250.000 ha a área com potencial para plantar pseudotsuga, o que corresponde a 8% da área existente de floresta Portuguesa. As melhores áreas para o crescimento do pseudotsuga estão situadas ao longo das regiões litorais norte em altitudes compreendidas entre os 500 m e os 1000 m e com precipitação líquida (diferença entre precipitação e evapotranspiração) acima de 1000 mm. As áreas com crescimento potencial da pseudotsuga aceitável situam-se no norte e no centro de Portugal, com uma altitude compreendida entre 700 e 1000 m e com uma precipitação líquida acima dos 400 mm.
Descrição: Congresso Florestal Nacional: A floresta e as gentes - Actas das Comunicações
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/590
Aparece nas colecções:CEF - Comunicações em Actas de Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Congress5-M.Tomepdf.pdf82,36 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.