Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5872
Título: Avaliação das parasitoses gastrointestinais em bovinos de raça Brava durante a Primavera e Verão
Autor: Ramos, João Carlos dos Santos
Orientador: Jorge, Maria Luís Mendes
Carvalho, Luís Manuel Madeira de
Palavras-chave: Bovinos de raça brava
Trichostrongylidae
Moniezia
Regime extensivo
Inquérito epidemiológico
Brava breed cattle
Trichostrongylidae
Extensive regimeEpidemiological survey
Epidemiological survey
Data de Defesa: 18-Jun-2013
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Ramos, J.C.S. (2013). Avaliação das parasitoses gastrointestinais em bovinos de raça Brava durante a Primavera e Verão. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Os bovinos são muito afectados pelo parasitismo gastrointestinal, principalmente quando se trata de gado criado em regime extensivo. Sendo os bovinos de raça brava, criados em regime extensivo puro, são também eles acometidos pelas doenças parasitárias, estando estas, entre as principais causas de problemas observados na sanidade destes animais de grande interesse zootécnico, e sendo responsáveis por elevadas perdas económicas, atribuídas a atrasos no desenvolvimento nos animais jovens e a baixos índices de produtividade nos animais adultos. Neste trabalho foram estudadas seis ganadarias de bovinos de raça Brava, duas situadas na região do Ribatejo, três no Alto Alentejo e uma a Sul do Tejo na zona de Setúbal. Todas as explorações apresentavam programas de desparasitação, sendo recolhidas, um total de 62 amostras de fezes para pesquisa e identificação de parasitas gastrointestinais, através de análises coprológicas quantitativas e qualitativas. Nestas explorações, os animais encontravam-se separados e agrupados por idade e sexo, tendo sido o objectivo principal deste trabalho, a avaliação do estado de parasitismo nos vários grupos do efectivo, determinando e comparando, a frequência dos géneros de parasitas envolvidos nas parasitoses. Simultaneamente, foi elaborado inquérito às explorações em estudo. Considerando toda a representatividade das amostras, e tendo como critério, a eliminação de ovos de helmintes por parte dos bovinos, constatou-se que 58% das amostras colhidas foram positivas para parasitas gastrointestinais, sendo que nestas, 47% representavam infecções mistas (com dois ou mais géneros ou espécies), e 53% infecções simples (com um único género ou espécie). Relativamente à prevalência de parasitas, os resultados mostram que os géneros mais prevalentes, foram Trichostrongylus (58% das amostras positivas), seguido de Ostertagia (42%), Moniezia benedeni (19%), Cooperia e Haemonchus (11%), Chabertia (8%) e Nematodirus (3%). Da análise global destes dados, podemos concluir que 58% dos animais estavam infectados, sendo os parasitas mais representativos os nemátodes tricostrongilídeos e com menor expressão os céstodes anoplocefalídeos.
ABSTRACT - Evaluation of gastrointestinal parasitic diseases in Brava breed cattle during Spring and Summer season. - Grazing cattle is often affected by gastrointestinal parasitic diseases. Brava breed cattle, being regarded as such, is also affected by parasitic diseases, which are one of the leading causes for health problems observed in these animal and are responsible for high economic losses due to developmental delays in calves and yearlings, and low productivity rates in adult animals. This study included, six Brava breed livestock farms, two of them, located in the Ribatejo region, three in the Alto Alentejo region and one in the south of Tejo region in the area of Setúbal. All the farms applied prophylactic deworming programs. A total of 62 faecal samples were collected, for research and identification of gastrointestinal parasites, through quantitative and qualitative coprological analysis. In these farms, the animals were managed according to age and sex, being the principal aim of this study, to evaluate the state of parasitism in different groups of livestock, as well as to confirm the effectiveness of the antiparasitic prophylaxis and to determine the frequency of the parasitic genera involved in parasitic diseases. Considering all the representativeness of samples, and taking as a criterion, the shedding of helminth eggs in feces, it was estimated that these eggs occurred in 58% of the samples, and among these, 47% were mixed infections and 53% were pure infections. With regard to the prevalence of gastrointestinal parasites, the results show that the most common genera were, Trichostrongylus (58% positive samples), followed by Ostertagia (42%), Moniezia benedeni (19%), Cooperia and Haemonchus (11%), Chabertia (8%) and Nematodirus (3%). From the global analysis of the data, we can conclude that 58% of the animals were infected, being the trichostrongylid nematodes the most prevalent group of parasites, followed by the anoplocephalid cestodes.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5872
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Avaliação das parasitoses gastrointestinais em bovinos de raça Brava durante a Primavera e Verão.pdf2,74 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.