Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5871
Título: A importância clínica da análise do líquido cefalorraquidiano para o diagnóstico de afecções do sistema nervoso central do cão
Autor: Almeida, Felipe Fernandes de
Orientador: Ribeiro, João Carlos Gil da Silva
Melo, Graça Maria Alexandre Pires de Lopes de
Palavras-chave: Líquido cefalorraquidiano
neuropatias
citodiagnóstico
meios complementares de diagnóstico
Cerebrospinal fluid
neuropathy
cytologic diagnosis
methods of diagnosis
Data de Defesa: 26-Jun-2013
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Almeida, F.F. (2013). A importância clínica da análise do líquido cefalorraquidiano para o diagnóstico de afecções do sistema nervoso central do cão. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: O diagnóstico definitivo e o prognóstico de afecções neurológicas é essencial para a realização de uma terapêutica adequada e eficaz. Contudo, a disponibilidade dos meios complementares de diagnóstico (MCD), os riscos associados e a relação custo-benefício tornam a seleção dos meios de diagnóstico que conduzem a este último verdadeiramente um desafio. O líquido cefalorraquidiano (LCR) é o produto tecidular do sistema nervoso central (SNC) mais facilmente acessível e é passível de sofrer modificações aquando de afecções que alterem as barreiras hemato-encefálicas e sangue-LCR. Esta dissertação tem como objectivo determinar a importância da análise do LCR para o diagnóstico de afecções do SNC do cão. Avaliando o impacto que a análise do LCR tem no número dos MCD realizados por doente, estudou-se uma população de 143 cães com afecções neurológicas. A população foi divida em dois grupos: grupo "LCR" (n=37), onde se colheu LCR, realizando-se a contagem total de células, o citodiagnóstico e o teste de Pandy, e o grupo "S/LCR" (n=106) onde esses procedimentos não foram realizados. Estudou-se estatisticamente a relação entre grupos, o número de doentes com e sem diagnóstico definitivo. Verificou-se que a significância dos testes estatísticos entre as variáveis númeroMCD, pesoMCD e LCR são ambas zero (inferiores a 0,05), evidenciando uma relação estatística entre as variáveis. Com análise das médias de exames realizados por animal e o custo-benefício/risco associado a todos os MCD a que esses doentes foram submetidos concluiu-se que a análise de LCR, per si, não diminui o número de MCD necessários por animal, sendo sempre essencial recorrer-se a técnicas imagiológicas para determinar o diagnóstico definitivo. Contudo, verificou-se uma relação positiva no teste de chi-quadrado no que concerne à existência ou não de diagnóstico definitivo e à realização de análises no LCR na presença de neuropatias (p = 0,020; p ≤ 0,05). Assim, a análise do LCR, embora inconclusiva se utilizada de forma isolada, é uma ferramenta útil para a exclusão de etiologias da lista de diagnósticos, ajudando os médicos veterinários a direccionar o seu raciocínio diagnóstico de modo a exercerem uma prática clínica sólida, direccionada e razoável.
ABSTRACT - CLINICAL IMPORTANCE OF CSF ANALYSIS IN THE DIAGNOSIS OF CANINE CENTRAL NERVOUS SYSTEM DISORDERS - In order to implement an adequate and effective treatment for a neuropathy it's crucial to determine the definite diagnosis and prognosis. Notwithstanding, ascertaining a diagnosis can be challenging due to lack of availability of methods of diagnosis, associated risks and cost-benefit ratio. The cerebrospinal fluid (CSF) is an accessible secretion, which may suffer alterations in its normal characteristics in the presence of a pathologic process that damages the blood-brain and blood-CSF barriers. This dissertation aims to determine the importance of CSF analysis towards the diagnosis of canine neuropathies. 143 dogs with neurologic disorders were examined in order to assess if the CSF analysis influences the number and type of other methods of diagnosis required per pacient. The study population was divided into two different groups: the "CSF" (LCR in portuguese) group (n=37) in which there were obtained and analyzed CSF samples, performing the total cell count, differential cell count and Pandy test; and the W/O-CSF group (S/LCR in portuguese) in which none of those procedures were done. The inter-relations between groups, the number of diseased dogs, with and without diagnosis were statistically evaluated. The significance of both tests was zero (< 0.05) meaning that there is a statistical relation between the variables. The analysis of the mean of exams performed per pacient and their cost-benefit ratio lead to the conclusion that the CSF analysis doesn't decrease the number of methods of diagnosis performed per patient and ergo the imaging tests are crucial to an accurate diagnosis. However, the chi-square test concerning the existence or not of a diagnosis and the CSF implied a significant relationship between both variables (p = 0.020; p < 0.05). Thus, the CSF analysis, regardless of being inconclusive, is a very helpful mean of diagnosis, helping clinicians to exclude etiologies from their diagnosis' list, to target their clinical reasoning and to make their practice as steadfast and accurate as possible.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5871
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.