Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5694
Título: Aplicação de terapia regenerativa mediante recurso a células estaminais mesenquimatosas em cavalos de desporto : menção de dois casos clínicos com diagnóstico a nível articular e tendinoso
Autor: Féteira, Lúcia Espirito Santo Bértolo
Orientador: Torrealba Hernández, Manuel Argenis
Tilley, Paula Alexandra Botelho Garcia de Andrade Pimenta
Palavras-chave: Equino
células estaminais mesenquimatosas
tendão
articulação
equine
mesenchymal stem cells
tendon
joint
Data de Defesa: 26-Abr-2013
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Féteira, L.E.S.B. (2013). Aplicação de terapia regenerativa mediante recurso a células estaminais mesenquimatosas em cavalos de desporto: menção de dois casos clínicos com diagnóstico a nível articular e tendinoso. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: As lesões em tendões e articulações dos membros são causas frequentes de retirada antecipada de cavalos de desporto. Isto sucede, sobretudo, devido a uma incapacidade de retoma da performance anterior e a um maior risco de recidivas. Os tratamentos descritos para tais lesões não têm demonstrado grande eficácia, principalmente, no que respeita à qualidade do tecido de reparação, que se pretende o mais próximo ao tecido normal (regeneração). Nos últimos anos e tendo em vista a recuperação destes tecidos, verificou-se o crescente interesse no potencial uso das células estaminais, como terapia regenerativa. As células estaminais mesenquimatosas (MSCs), presentes no animal adulto, podem ter várias origens e podem ser aplicadas como terapia autóloga, dentro de poucos dias após a lesão. No entanto, ainda não são conhecidos quais os seus efeitos numa lesão, se efetivamente ocorre regeneração ou se as células apresentam outras ações. Neste âmbito, são apresentados dois casos clínicos de lesões em cavalos, tendo sido aplicada terapia com recurso a células estaminais de origem adiposa. Visando constatar quais os resultados desta terapia e se constitui uma alternativa de tratamento, bem como os aspetos relativos à sua praticabilidade no quotidiano de uma clínica dedicada à medicina equina desportiva, verificou-se que ambos os animais intervencionados apresentaram melhorias no seu estado clínico, retomando as performances anteriores. Não foi possível realizar-se um acompanhamento mais rigoroso dos animais, sobretudo, no que diz respeito aos exames de controlo, reflexo da dificuldade de conjugar a disponibilidade dos proprietários, as exigências desportivas e o interesse científico. Todavia, embora se relatem apenas dois casos este trabalho permitiu acrescentar evidências clínicas positivas da utilização das MSCs, mostrando potencial como alternativas aos tratamentos convencionais.
ABSTRACT - The practical applicability of mesenchymal stem cells regenerative therapy on sport horses: two clinical studies of joint and tendon lesions - Tendon and joint lesions are a frequent cause of early retirement for the sport horse. This is due, especially, to its inability to return to the previous performance and the high risk of reinjury. The conventional treatments for these lesions are not proving effective enough in regards to the quality of the reparative tissue, which would be expected to be similar to normal tissue (regeneration). Recently, the interest on the potential use of mesenchymal stem cells (MSCs) as a regenerative therapy for a better healing result has grown. On an adult animal, the MSCs can have different origins and can be injected as an autologous therapy, just a few days after the injury. However, it is not known what its effects are on lesions, if regeneration thus occurs or if cells perform other actions. Two clinical studies on those types of injuries are presented, detailing the application of stem cells collected from fat tissue. Aiming to understand the therapy results, its applicability as an alternative treatment and the practical aspects of implementing it in a sports horse’s clinic, the study concluded that both animals got better and returned to their previous competition level. A better follow-up on the animal’s recovery, especially the ultrasound exams, was not possible due to the difficult task of managing the owner’s availability with both the sports’ demands and the scientific interests. Nevertheless, although only two cases were presented, this work contributed with some positive clinical evidence on the application of MSCs as a potential alternative treatment to the conventional approaches.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5694
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.