Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5499
Título: Perfis motivacionais para diferentes tipos de actividades físicas
Autor: Hauer, André Luiz
Orientador: Teixeira, Pedro Jorge Amaral de Melo
Palavras-chave: Actividade física
Autonomia
Ginásios
Health clubs
Motivação
Necessidades psicológicas básicas no exercício
Regulação
Teoria da autodeterminação
Data de Defesa: 2011
Citação: Hauer, André Luiz (2011) - Perfis motivacionais para diferentes tipos de actividades físicas. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: O modelo motivacional proposto pela teoria da autodeterminação (TAD) (TAD; DECI e RYAN, 1985) é útil para explicar prática de actividade física (AF). Com base em alguns estudos anteriores, os objectivos deste trabalho foram: 1) identificar as diferenças de auto-regulações nos diferentes perfis motivacionais relacionados com a prática de exercícios físicos, tendo como referência as orientações de causalidade do exercício, satisfação das necessidades psicológicas e os motivos reguladores; 2) analisar se os caminhos da causalidade, estabelecidos pela TAD, diferem de acordo com resultados específicos das AF (variando no tipo de actividade e intensidade). Foram avaliados 214 indivíduos em Lisboa Portugal no Concelho de Oeiras, através de questionários estruturados, praticantes de exercícios físicos regular em ginásios, health clubs e diferentes locais indoor e outdoor, com (37 ± 11,6) anos de idade e uma frequência de (373,2 ± 233,5) minutos de exercício físico por semana. Verificou-se a existência de diferenças significativas (p<0,05) entre os perfis motivacionais, quando comparados com locais para a prática de exercícios, entre as diferentes intensidades e os diferentes tipos de exercícios realizados. O estudo pode concluir que as diferenças foram entre perfis motivacionais, quando comparados com os locais de prática de exercícios, (indoor difere de predominante indoor e predominante outdoor) com as intensidades realizadas (moderado difere de predominante moderado, predominante intenso e intenso) e relativamente os diferentes tipos de exercícios verificados (7 categorias de exercícios apresentam diferenças). Esta informação é útil e pode ser utilizada pelos profissionais de exercício físico para compreender a adesão para prática de (AF) em função das variáveis motivacionais.
Descrição: Mestrado em Exercício e Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5499
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_16_11_11 - Corrigida p entregar 25_fev_13(1).pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.