Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5276
Título: Estratégias de pesquisa visual em treinadores de basquetebol : uma análise sobre o nível de desempenho
Autor: Damas, Rui Sousa
Orientador: Ferreira, António Paulo Pereira
Palavras-chave: Basquetebol
Estratégias de pesquisa visual
Eye tracker
Nível de desempenho
Treinador
Data de Defesa: 2012
Citação: Damas, Rui Sousa (2012) - Estratégias de pesquisa visual em treinadores de basquetebol : uma análise sobre o nível de desempenho. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: O presente estudo pretendeu analisar (1) estratégias de pesquisa visual e (2) sequências visuais de treinadores de basquetebol com níveis distintos de desempenho durante a visualização de um jogo formal de 5x5. Foram analisados 8 sujeitos, subdivididos por diferentes grupos: um grupo de 4 treinadores de desempenho superior (TOP) e um de 4 treinadores de desempenho inferior (BOTTOM), tendo como critério a classificação das suas equipas no final do campeonato. O comportamento do olhar do treinador foi registado através do sistema eye tracker, instrumento mobile eye 1.35 (Applied Science Laboratories – ALS®), numa simulação de um episódio de jogo formal de 5x5 de basquetebol em situação de treino. Os resultados parecem indicar que os treinadores TOP: (a) realizam o processo de ancoragem, fixando um espaço vazio, para recolher informação através da visão periférica; (b) em situações de jogo aberto em campo todo ou meio campo, descentram a sua atenção da bola e intervenientes diretos (portador da bola e seu defensor) ao contrário dos treinadores BOTTOM que se centram nessa díade à volta do objeto bola; (c) dedicam mais tempo a verificar a concretização do lançamento, fixando o cesto e a bola durante mais tempo; (d) realizam, em situações de ressalto ofensivo, estratégias de busca visual através dum varrimento do campo visual, com muitas fixações de curta duração; (f) pesquisam a informação visual do envolvimento com maior determinismo e recorrendo com maior frequência a sequências que se repetem ao longo do tempo de observação; (g) recorrem preferencialmente ao espaço interpessoal como a categoria de início duma sequência de pesquisa visual, já os treinadores BOTTOM utilizam frequentemente a categoria atacante com bola nas sequências de pesquisa visual, bem como o atacante do lado da bola. Concluiu-se que treinadores de basquetebol com níveis distintos de desempenho apresentam diferenças nas estratégias de pesquisa visual e nas sequências visuais aquando da visualização duma situação de jogo formal de 5x5.
Descrição: Mestrado em Treino de Alto Rendimento
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5276
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ de_Mestrado_Definitiva_Rui_Damas.pdf1,04 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.