Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5176
Título: Shoulder morphofunctional adaptations on overhead-throwing athletes : implications for physiotherapy throwing-shoulder examination.
Autor: Ribeiro, Andrea Miguel Lopes Rodrigues
Orientador: Pascoal, Augusto Gil Brites de Andrade
Palavras-chave: Andebol
Ângulo de retroversão do úmero
Atleta
Fisioterapia
Lançamento
Ombro
Omoplata
Padrão de rotação umeral
Adaptações
Data de Defesa: 2012
Citação: Ribeiro, Andrea (2012) - Shoulder morphofunctional adaptations on overhead-throwing athletes : implications for physiotherapy throwing-shoulder examination. Tese de Doutoramento. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: The overhead throwing motion is a highly skilled movement, particularly demanding to the shoulder due to high strength levels and/or acceleration applied to the hand and by the elevated degree of control and precision required to position the arm in space. The shoulders of those involved in repeated forceful overhead throwing, the overhead-throwing athletes, undergo a range of neural, soft tissues and skeletal adaptations that could be described as, the “overhead-throwing shoulder adaptive pattern” (OTSAP). The main goal of overall studies in this thesis was to characterize the dominant overhead-throwing shoulder adaptive pattern of non-symptomatic overhead throwing athletes, comparing with a non-athletic population. Additionally, while comparing volleyball and team-handball players, we looked for specific sport-related components of the OTSAP. Knowledge on OTSAP is important for those involved on training, but also for sport physiotherapist during shoulder functional assessment. Some components of the OTSAP could be mistaken by injury signs or risk factors. Structural (osseous) and functional changes were identified on the dominant shoulder of volleyball and team-handball players. Some were similar of those described in baseball players, and others were sport-related. Thus, the OTSAP should be considered by the physiotherapist during overhead-throwing shoulder assessment. RESUMO:O movimento de lançamento é altamente especializado e particularmente exigente para o ombro devido aos excessivos níveis de carga/aceleração aplicados. Atletas cujos ombros estão envolvidos em movimentos repetidos de lançamento, consideram-se, na literatura anglo-saxónica, atletas “overhead”. Estes são sujeitos a um conjunto de adaptações neurais, tecidulares e ósseas que podem ser descritas como, o “padrão de adaptação do ombro do atleta overhead” (PAOAO). O principal objetivo da tese foi caracterizar o padrão de adaptação do ombro dominante, não sintomático, dos atletas “overhead”, comparando-os com não atletas. Adicionalmente, comparando voleibolistas e andebolistas, procurou-se encontrar componentes específicos da modalidade praticada inerentes ao PAOAO. O conhecimento detalhado deste PAOAO é crucial para os intervenientes em processos de treino, e para o fisioterapeuta responsável por uma avaliação detalhada do ombro, sob pena de alguns dos componentes do PAOAO serem erroneamente considerados como sinais de lesão ou fatores de risco. Foram identificadas alterações estruturais e funcionais no ombro dominante de voleibolistas e andebolistas. Algumas são similares às encontradas em jogadores de beisebol, enquanto outras estão diretamente relacionadas com a prática desportiva específica. Assim, este PAOAO deverá ser tido em consideração pelo fisioterapeuta aquando da avaliação do ombro do atleta “overhead”.
Descrição: Doutoramento em Motricidade Humana, especialidade de Ciências da Fisioterapia.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5176
Aparece nas colecções:BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Andrea_Ribeiro_Tese_Doutoramento.pdf3,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.