Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5173
Título: Dez anos de despesa pública: uma análise às contas gerais do estado
Autor: Varela, Susana Paula Salvador
Orientador: Carvalho, Elisabete de
Palavras-chave: Conta geral do estado
Despesa pública
Políticas públicas
Teoria da escolha pública
Orçamentação incremental
Modelos de tomada de decisão
State Budgets
Public Policies
Public Choice Theory
Budgetary ncrementalism
Decision Making Models
Data de Defesa: 28-Jan-2013
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: Nos últimos anos, mais vincadamente nos últimos dois anos, a situação económica de Portugal, tal como um pouco por toda a Europa, tem-se agravado. A actual conjuntura chega inclusive a ser comparada com a histórica crise económica de 1929 que teve início nos Estados Unidos e que se alastrou a todo o mundo. Com a entrada da Troika (Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu) no país, numa tentativa de sanear as contas públicas, são impostas medidas económicas que em muito têm dificultado a vida da população em geral. Mas até que ponto terá sido o Estado o principal causador da situação em que o país se encontra? De que forma tem evoluído a sua despesa? O presente trabalho visa analisar as contas públicas dos últimos dez anos (2001-2010), avaliando se a despesa nos diversos Ministérios aumentou comparativamente à taxa de inflação e, em caso afirmativo, em que Ministérios se verificaram esses aumentos. Para a realização deste estudo recorremos à análise documental das Contas Gerais do Estado de 2001 a 2010, bem como a dados estatísticos publicados pelo Instituto Nacional de Estatística. Deste estudo concluiu-se que, em termos gerais, a despesa pública, quando cruzada com os indicadores em análise, tem vindo a crescer a um ritmo bastante acentuado, o que contribuiu para a actual situação económica do país.
In the last years, more precisely in the last two years, Portugal’s economic situation, as well all over the Europe, has aggravated. The current economic setting is in fact compared with the historical worldwide crises of 1929 that started in United States of America and spread a bit all over the world. With the arrival of Troika (European Commission, International Monetary Fund and Central European Bank), at our country, in an attempt to restructure public spending, there are imposed economical measures that have made harder the everyday life of all population. But was it really the State the main source of the economic situation? How has evolved its expenses? The present research analyses the public spending in the last ten years (2001-2010), evaluating if the expenses of ministries increased comparing to inflation rate, and if that it’s attested, in which ministries those increases occurred. For this study we analyzed the State Budgets from 2001 until 2010, as well as another statistics data published by Portuguese National Institute of Statistics. This study concluded that, generally, public expenses when compared with the statistics data analyzed, has been a very strong growing, which contributed to the current economic situation of the country.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Gestão e Políticas Públicas
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5173
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
formulario_abstract_mestrado.pdf26,83 kBAdobe PDFVer/Abrir
formulario_resumo_mestrado.pdf38,51 kBAdobe PDFVer/Abrir
Tese Final_rev.pdf540,02 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.