Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5125
Título: A saída dos pilotos da Força Aérea Portuguesa para as empresas de aviação civil
Autor: Esteves, Rui Manuel Moreira Pinto
Orientador: Lopes,Albino Pedro Anjo
Palavras-chave: Comprometimento organizacional
Modelo EVLN
Ausência de alternativas
Pilotos
FAP
Saída de pilotos
Organizational commitment
Model EVLN
Absence of alternatives
Pilots
FAP
Exit of pilots
Data de Defesa: 22-Out-2012
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: Dado que um dos grandes problemas das organizações, no que respeita aos recursos humanos, é a saída de quadros altamente qualificados para as suas congéneres, a Força Aérea Portuguesa neste campo não é diferente das demais organizações, no que respeita aos seus pilotos. O presente estudo pretende ser uma análise de antecedência dos factores que levam a este abandono, sabendo que a alternativa que estes pilotos têm, face à permanência ou não na organização, pode ser condicionada pelo seu comprometimento com a organização, e que por conseguinte ele toma uma estratégia comportamental. Neste estudo, optou-se por aplicar o modelo das três-componentes do comprometimento organizacional de Meyer e Allen (1971), modelo este que propõe a existência de um comprometimento organizacional afectivo, um normativo e um outro Calculativo. No que respeita às estratégias comportamentais adoptadas por estes indivíduos, aplicar-se-á o modelo EVL de Hirschman (1970), onde são relacionados os constructos Exit, Voice e Loyalty (Saída, Voz e Lealdade). A amostra utilizada é o reflexo da população de pilotos que abandonou a Força Aérea portuguesa nos últimos anos, num total de 73 inquéritos validados.
As one of the biggest problems facing organizations, with regard to human resources, is the output of highly qualified staff for their counterparts, the Portuguese Air Force in this field is no different from other organizations, with regard to its pilots. This study aims to advance an analysis of the factors leading to this abandonment, knowing that the alternative that these pilots have for to remain in the organization may be constrained by its commitment to the organization, and therefore it takes a behavioral strategy. In this study, we choose to apply the three-component model of organizational commitment by Meyer and Allen (1971). This model proposes the existence of an affective organizational commitment, a normative and calculative. With regard to behavioral strategies adopted by these individuals will apply the model EVL Hirschman (1970), which are related constructs Exit, Voice and Loyalty (Exit, Voice and Loyalty). The sample reflects the population of pilots who left the Portuguese Air Force in recent years, a total of 73 validated surveys.
Descrição: Tese de Mestrado em Gestão e Políticas Públicas
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5125
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
abstract.pdf302,94 kBAdobe PDFVer/Abrir
Resumo.pdf260,45 kBAdobe PDFVer/Abrir
Rui Esteves dissertação Mestado 2012.pdf2,75 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.