Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5118
Título: Fado - matriz para uma (nova) política cultural externa: uma estratégia cultural ao serviço de Portugal
Autor: Costa, Liliana Rodrigues da
Orientador: Balão, Sandra Rodrigues
Palavras-chave: Fado
Cultura
Estratégia
Política cultural externa
Portugal
Internacionalização
Fado
Culture
Strategy
Cultural foreign policy
Portugal
Internationalization
Data de Defesa: 28-Out-2012
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: No contexto de permanente crise, financeiramente agravada nestes últimos anos, equacionar a cultura enquanto via possível para uma solução estrategicamente ganhadora ou, pelo menos, elemento-chave, é uma alternativa. Uma chave, uma opção criativa para a fuga ao panorama de constrangimento e restrição económica, assim como, de empreendedorismo fatalista. Fado - Matriz para uma (nova) Política Cultural Externa. Uma Estratégia Cultural ao serviço de Portugal analisa a questão da política cultural externa portuguesa, entre o Estado Novo e 2009, e aborda a necessidade expressa de edificar uma estratégia cultural forte e visível. Apontamos o fado como possível matriz desta (re)nova(da) estratégia. O fado que é presença nas artes, nas manifestações e produções culturais, sobretudo, ao longo do último século. O fado que, enquanto produto cultural genuíno e internacionalizado, transporta e difunde consigo a língua portuguesa, o particular jeito de ser português e parte da cultura que nos identifica. E que é símbolo e representa a presença de Portugal no Mundo. Porque investir na cultura não é desperdiçar fundos, mas repensar uma estrutura social, institucional, educacional e de investimento consideramos que hoje, Portugal precisa de deixar a neblina. É agora que Portugal precisa de arriscar e cumprir-se enquanto país!
In a context of permanent crisis, financially exacerbated in this last year to see culture as a possible way for a strategic and winner solution is a part of an alternative. A key, a creative option to escape from the constrained and restricted environment as well as this fatalistic entrepreneurship. Fado – The Matrix for a (new) Cultural Foreign Policy. A Cultural Strategy to Portugal analyze the portuguese cultural policy's issue, from New State till 2009, and the expressed need to build a cultural strategy strong and visible. We indicate Fado as a possible matrix for this (re)new(ed) strategy. Fado, that is present in arts, in cultural events and productions, especially, in this last century. Fado, as a genuine and an internationalized cultural product, brings and diffuses with him the portuguese language, the particular way of being portuguese and also part of the culture that identifies each one of us. And that it's a symbol and represents the presence of Portugal in the World. To invest in culture is not just wasting money but it's a way of rethinking a social, institutional and educational structure. Portugal needs to leave the mist! It's right now that Portugal needs to take risks and to be fulfilled as a country!
Descrição: Tese de Mestrado em Relações Internacionais
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5118
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ABSTRACT (conforme formulário em anexo).pdf58,58 kBAdobe PDFVer/Abrir
Finalissima Version 14_07.pdf1,05 MBAdobe PDFVer/Abrir
RESUMO (conforme formulário em anexo).pdf54,63 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.