Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5105
Título: As políticas públicas de (re) inserção socioprofissional de toxicodependentes: Uma avaliação de painel no acesso aos mercados de trabalho na região do Algarve
Autor: Marujo, Paula Maria Martins
Orientador: Silvestre, Hugo Marco Consciência
Palavras-chave: Políticas sociais
Políticas ativas de emprego
Políticas de inserção socioprofissional
Reinserção socioprofissional
Programa vida-emprego
Toxicodependência
Social policies
Active labor market programme
Social and Professional reintegration,
Social reintegration policies
Programa vida-emprego
Drug Dependence
Data de Defesa: 8-Dez-2012
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: A toxicodependência é um dos principais e mais complexos desafios com que se confrontam as sociedades, muito em especial pelos impactos negativos ao nível da saúde, do desenvolvimento económico e social, da segurança e paz social. Com a finalidade de reduzir o consumo de drogas e a toxicodependência e minimizar estes problemas, tem havido uma aposta, por parte dos governos, nas políticas contra a droga e toxicodependência. No âmbito destas políticas, os programas e medidas na área da (re) inserção socioprofissional são tidos como cruciais no processo de tratamento da toxicodependência e também no combate à exclusão social e profissional de toxicodependentes. No atual contexto económico e social, em que vários países, entre os quais se inclui Portugal, reequacionam as suas políticas sociais, nomeadamente as políticas contra a droga e toxicodependência, é fundamental conhecer em que medida estas políticas contribuem para a efetiva (re) inserção socioprofissional das pessoas com problemas de toxicodependência. Com este intuito, propusemo-nos estudar o Programa Vida-Emprego,que visa a (re) inserção socioprofissional das pessoas com problemas de toxicodependência. Com o objetivo de descrever e avaliar os efeitos do Programa na vida socioprofissional dos indivíduos por ele abrangidos – beneficiários diretos do Programa, optámos por analisar os seus percursos de inserção na região do Algarve, por apresentar condições únicas e singulares para a realização do estudo. Concluímos que os toxicodependentes em recuperação, enquadrados pelo Programa Vida-Emprego, com apoio e acompanhamento técnico especializado, conseguem construir percursos de inserção duradouros e tendencialmente estáveis. Constatamos ainda que, os contributos do Programa vão para além do seu período de abrangência, uma vez que, uma parte significativa dos beneficiários, depois de terminar o Programa mantém ou obtém emprego no mercado de trabalho. Palavras-Chave: Políticas Sociais, Políticas Ativas de Emprego, Políticas de Inserção Socioprofissional, Reinserção Socioprofissional; Programa Vida-Emprego, Toxicodependência.
The abuse of illegal drugs is one of the greatest challenges that society is facing today, particularly by negative impacts in terms of health, of economic and social development, security and social peace. In order to reduce drug use, abuse and dependence and minimize these problems, there has been a challenge on the part of Governments on drug policies. Under these policies, programmes and measures, social and professional reintegration is considered crucial in the process of recovery from substance abuse and also combating social and professional exclusion. In the current economic and social context, in which several countries, among which includes Portugal, are restructuring their social policies, including drugs policies, it is essential to know to what extent these policies contribute to the effective social and professional reintegration of people with drug problems. With this aim, we proposed to study the Programa Vida-Emprego, which aims at the social and professional reintegration of recovery drug users. Aiming to describe and evaluate the effects of the programme on the social and professional reintegration of individuals covered by it - direct beneficiaries of the programme, we have chosen to analyze their pathways in the Algarve, due to its unique and singular conditions to the completion of the study. We conclude that recovery drug users, framed by the Programa Vida-Emprego, with support and specialized monitoring can build sustainable and stable pathways. We note further that the contributions of the Programme go beyond their scope, since a significant proportion of beneficiaries, after finishing the Programme, remain or get a job in the labour market.
Descrição: Tese de Mestrado em Gestão e políticas Públicas
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5105
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Abstrat - Tese.pdf168,96 kBAdobe PDFVer/Abrir
Resumo - Tese.pdf210,92 kBAdobe PDFVer/Abrir
TESE DE MESTRADO ISCSP - Paula Marujo.pdf1,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.