Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/5089
Título: Densidade do coberto vegetal e monda dos cachos - efeito no comportamento da casta Alfrocheiro na Região do Dão
Autor: Botelho, Manuel
Cruz, Amândio
Costa-Rodrigues, Carlos
Rodrigues, Ana
Castro, Rogério
Palavras-chave: densidade de sarmentos
desfolha
monda de cachos
rendimento
qualidade
Data: 2009
Citação: BOTELHO, M.; CRUZ, A.; COSTA-RODRIGUES, C.; RODRIGUES, A.; CASTRO, R. 2009. Densidade do coberto vegetal e monda de cachos – efeitos no comportamento da casta ‘Alfrocheiro’ na região do Dão. 1º Congresso Internacional dos Vinhos do Dão, Viseu, Portugal.
Resumo: Na casta Alfrocheiro foram estudados, ao longo de três anos (2004 a 2006), os efeitos de três intervenções em verde (densidade de sarmentos, desfolha e monda). O ensaio, instalado na região do Dão numa vinha privada (Dão Sul S.A.), comportou três densidades de sarmentos (testemunha, 18 e 12 sarmentos/m de sebe), duas modalidades de desfolha (desfolha basal ao pintor e testemunha). Em 2005 e 2006 avaliaram-se ainda duas modalidades de monda (monda ao pintor, dos cachos mais atrasados e de menor qualidade - “monda qualitativa” e não monda). A supressão de sarmentos e a desfolha originaram redução do número de camadas de folhas, da percentagem de cachos interiores e aumento da penetração da PAR na zona de frutificação, melhorando o microclima dos cachos. A redução da densidade de sarmentos e a monda diminuíram o rendimento nos dois anos, enquanto a desfolha não influenciou este parâmetro. Ao nível da composição das uvas, apenas o factor “ano” assumiu importância preponderante. De facto, apesar de a correcção da densidade de sarmentos provocar reduções da produção da ordem das 3t/ha, o TAP aumentou somente 0,4% (V/V). No caso da monda de cachos as diferenças de produção são maiores (ca. 6t/ha), com ganhos de TAP semelhantes. Estas perdas de produção, também não se reflectiram positivamente noutros parâmetros qualitativos avaliados (antocianinas totais, polifenóis totais e intensidade corante). O principal resultado ao nível da poda foi a redução do tempo de execução desta operação, passando de cerca de 30hr/ha nas densidades mais baixas, para 73hr/ha na testemunha
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/5089
Aparece nas colecções:DPAA - Comunicações em Actas de Conferências

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
REP-Castro-1-ALFROCHEIRO- Congresso Dão 2009.pdf67,18 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.