Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4979
Título: Estudo da prevalência de hipotiroidismo em 87 cães da raça portuguesa Rafeiro do Alentejo
Autor: Tabanez, Joana Sofia Silva
Orientador: Brito, Maria Teresa da Costa Mendes Vítor Villa de
Vicente, Gonçalo Eduardo Vítor
Palavras-chave: Rafeiro do Alentejo
Hipotiroidismo
Tiroidite linfocítica autoimune
Prevalência
Alentejo Shepherd Dogs
Hypothyroidism
Autoimmune lymphocytic thyroiditis
Prevalence
Data de Defesa: 20-Dez-2012
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Tabanez, J.S.S. (2012). Estudo da prevalência de hipotiroidismo em 87 cães da raça portuguesa Rafeiro do Alentejo. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: O hipotiroidismo é uma doença endócrina bastante comum em cães. Esta caracteriza-se pela insuficiência das hormonas tiroxina e triiodotironina em circulação e é, normalmente, acompanhada por um aumento da concentração de tirotropina hipofisária. As duas principais causas de hipotiroidismo são a tiroidite linfocítica e a atrofia idiopática da tiroide. A tiroidite linfocítica é um processo autoimune que é influenciado por fatores genéticos e ambientais, que resulta na destruição da tiroide. Nos cães, a tiroidite pode manter-se subclínica durante 1 a 2 anos, em que a única alteração que se verifica é a presença de anticorpos antitiroglobulina. Uma vez que as hormonas tiroideias têm uma grande variedade de efeitos fisiológicos, esta doença origina sinais inespecíficos. As alterações mais comuns identificadas são do foro dermatológico e do foro metabólico. No entanto, podem surgir, outras alterações menos comuns. O diagnóstico de hipotiroidismo no cão é ainda complicado devido à ausência de um único teste que confirme o diagnóstico clínico. Adicionalmente, a presença de fatores como a doença sistémica não tiroideia e a administração de fármacos podem alterar os resultados dos testes de função tiroideia, dificultando, assim, a sua interpretação. Não se deve também subestimar a importância de variações específicas e fisiológicas das raças, no que diz respeito às concentrações das hormonas tiroideias. Na medida em que determinadas raças específicas apresentam uma predisposição para o hipotiroidismo, este estudo teve como objetivo determinar a prevalência desta doença numa raça Portuguesa, o Rafeiro do Alentejo. O diagnóstico de hipotiroidismo foi realizado a partir de testes de tT4, lT4, TSH, TgAAs, da anamnese e de sinais clínicos físicos e laboratoriais, numa amostra de 87 cães. Verificou-se uma prevalência de hipotiroidismo de 2,3% nesta raça. Observou-se ainda uma diminuição fisiológica das concentrações de tT4 e lT4 em 41,67% e 12,05%, respetivamente, nos cães eutiroideus. Os intervalos específicos determinados para esta raça foram de 0,84-2,2 μg/dL para a tT4, de 0,43-1,8 ng/dL para a lT4 e de 0,03 – 0,37 ng/mL para a TSH. Identificou-se, também, uma frequência de anticorpos de 45,16% em 31 animais desta raça, muito elevada em comparação com os resultados obtidos para outras raças. É assim possível que, pelo menos 14 cães desta amostra, se encontrem num estadio de tiroidite subclínica e 2 cães num estadio de hipotiroidismo não inflamatório atrófico ou de atrofia idiopática da tiroide.
ABSTRACT - Prevalence study of Hypothyroidism in 87 dogs of the Portuguese Breed Alentejo Shepherd Dog - Hypothyroidism is a very common endocrine disease in dogs. It is characterized by a deficit of circulating thyroxine and triiodothironine and, usually, by an increase in thyroid-releasing hormone concentration. The two main causes of hypothyroidism are lymphocytic thyroiditis and idiopathic thyroid atrophy. Lymphocytic thyroiditis is an autoimmune process that is influenced by genetic and environmental factors, which results in thyroid destruction. In dogs, thyroiditis may be subclinical for 1 to 2 years, where the only alteration found is the presence of antithyroglobulin antibodies. This disease’s clinical signs are nonspecific, since the thyroidal hormones have a grand variety of physiological effects. Although dermatological and metabolic findings are most commonly identified, other less frequent signs can be found. Dogs’ hypothyroidism’s diagnosis is still complicated due to the absence of a single confirmation test. Additionally, thyroid function tests results may be affected by the presence of non-thyroidal systemic disease as well as the administration of drugs, making its interpretation more difficult. Specific and physiological variations within breeds regarding thyroidal hormone concentrations should not be underestimated. Since hypothyroidism has a specific breed predisposition, the goal of this study was to establish the prevalence of this disease in a Portuguese breed, the Alentejo Shepherd Dog. Hypothyroidism was diagnosed through tT4, lT4, TSH and TgAAs tests, anamnesis and the presence of laboratorial and physical clinical signs, in a sample of 87 dogs. The prevalence of hypothyroidism found in this breed was 2,3%. A physiological decrease of tT4 and lT4 concentrations of 41,67% and 12,05% was also seen in euthyroidal dogs. The reference range determined for this breed was 0,84-2,2 μg/dL for tT4, 0,43-1,8 ng/dL for lT4 and 0,03 – 0,37 ng/mL for TSH. The antibodies’ frequency was identified as 45,16% in 31 animals of this breed, a very high percentage when in comparison with obtained results in other breeds. Therefore, it is possible that at least 14 dogs within this sample may be in a subclinical thyroiditis stage and 2 dogs in a non-inflammatory atrophic hypothyroidism stage or have idiopathic thyroid atrophy.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4979
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese definitiva Joana Tabanez.pdf1,77 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.