Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4874
Título: Queratite superficial crónica em canídeos : estudo retrospectivo
Autor: Conceição, Diana Isabel Lourenço Nobre da
Orientador: Luís, José Paulo Pacheco Sales
Delgado, Esmeralda Sofia Costa
Palavras-chave: Queratite superficial crónica
Pannus
Cão de Pastor Alemão
graus da QSC
Chronic superficial keratitis
Pannus
German Shepherd Dog
stages of CSK
Data de Defesa: 19-Nov-2012
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Conceição, D.I.L.N. 82012). Queratite superficial crónica em canídeos : estudo retrospectivo. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A queratite superficial crónica (QSC) ou Pannus é uma doença ocular canina e caracteriza-se pela infiltração da córnea com neovasos, tecido de granulação e pigmento, geralmente com início no quadrante temporal inferior. A raça Cão de Pastor Alemão (PA) é predisposta. Este estudo incluiu 53 cães com QSC que se apresentaram à consulta de oftalmologia no Hospital escolar da FMV-UTL entre 2002 e 2012. Os principais objectivos foram: caracterizar a população estudada e avaliar as lesões da córnea, capacidade visual e resposta ao tratamento. A população estudada tinha 64% cães machos, 77,4% da raça PA ou cruzados da mesma e idades de 6 ± 2,3 anos. Baseada na extensão das lesões e através de um diagrama esquemático, a QSC foi classificada em grau I (23% dos pacientes), grau II (30%) e grau III (47%). Esta classificação foi útil para classificar o estado das lesões dos pacientes e avaliar a evolução clínica. A capacidade visual estava comprometida em 45% dos pacientes e 17% estavam invisuais devido a queratite pigmentar grave. Cinco cães que subitamente apresentaram comprometimento ou perda de visão devido à rápida progressão das lesões testaram positivo para hemoparasitas. A infecção por hemoparasitas deve ser despistada quando há progressão rápida das lesões, sobretudo em áreas endémicas. O tratamento inicial consistiu em corticosteróides e ciclosporina A 2% tópicos. Em casos mais graves, os corticosteróides sistémicos foram prescritos. Independentemente da extensão das lesões, nos acompanhamentos realizados até 3 meses após a consulta inicial, a maioria dos pacientes apresentou melhorias: os sinais clínicos melhoraram em 90,5% dos pacientes e estabilizaram em 9,5%.
ABSTRACT - Chronic superficial keratitis (CSK) or Pannus is an ocular disease of dogs and is characterized by corneal vascularization and infiltration of granulation tissue and pigmentation, which generally initiates at temporal inferior quadrant. The breed German Shepherd Dog is the most affected. This study included 53 dogs that presented with CSK at consultation of ophthalmology in Teaching Hospital at FMV-UTL between 2002 and 2012. The study objectives are: to characterize the population under study, CSK lesions and the patients’ vision and to evaluate the response to treatment. The study population included 64% males, aged 6 ± 2,3 years, of which 77,4% were either pure German Shepherd Dog or crossbred. Based on the extent of corneal lesions and by means of a schematic diagram, CSK was classified in initial (23% of patients), moderate (30%) and severe (47%) stages. This classification is helpful to classify the lesions of QSC upon presentation and evaluate the clinical results at follow-up. Vision was compromised in 45% and 17% of the patients were blind due to severe pigmentary keratitis. Five dogs with sudden compromised vision or blindness due to rapidly progressive CSK tested positive for hemoparasites. Hemoparasite infection should be ruled out in cases of rapidly progressive CSK, especially in endemic regions. Initial treatment consisted on topical corticosteroids and cyclosporine A 2%. In severe cases, systemic corticosteroids were prescribed. Regardless of lesions’ extent, most patients improved at 3 months follow-up: lesions improved in 90,5% of patients and stabilized in 9,5%.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4874
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Queratite superficial crónica em canídeos - estudo retrospectivo.pdf2,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.