Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4870
Título: Identificação de padrões de resposta das células de Müller na retinopatia degenerativa em murganho
Autor: Catita, Joana Araújo Nobre
Orientador: Jorge, Maria Luísa Mendes
París, Jesús Ruberte
Palavras-chave: retinopatia
gliose
GFAP
padrões de expressão proteica
retinopathy
gliosis
protein expression patterns
Data de Defesa: 15-Nov-2012
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Catita, J.A.N. (2012). Identificação de padrões de resposta das células de Müller na retinopatia degenerativa em murganho. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Este trabalho teve como objectivo caracterizar as alterações retinianas observadas num modelo murino de retinopatia com degenerescência dos fotorreceptores, de forma a poder estabelecer padrões de resposta nas diferentes fases de evolução do processo degenerativo-inflamatório. Material e Métodos: Neste estudo foram utilizadas retinas de murganhos ICR adultos. Foram constituídos grupos de 4 animais. Os murganhos foram injetados intraperitonealmente com uma dose de 100 mg/Kg de iodato de sódio e eutanasiados 24, 48 e 72 horas após a injeção. Um animal não injetado serviu como controlo em cada grupo. As retinas foram analisadas por meio de técnicas de histologia de rotina, imunohistoquímica, Western Blotting e q-RT-PCR. Resultados: A gliose reativa ocorre em resposta a estímulos agressivos. Nos processos de retinopatia, a ativação das células de Müller induz a sobre-expressão da proteína glial fibrilhar acídica (GFAP). As técnicas de imunohistoquímica, Western Blotting e q-RT-PCR utilizadas permitiram caracterizar, no modelo em estudo, níveis de expressão de GFAP específicos de cada uma das fases pré-definidas da resposta inflamatória. Conclusões: No modelo estudado de retinopatia induzida pela injeção de iodato de sódio, as diferenças de expressão de GFAP permitiram estabelecer padrões de resposta passíveis de ser utilizados na identificação da fase do processo inflamatório em curso.
ABSTRACT - Identification of Müller cell response patterns during degenerative retinopathy in mice - Introduction The purpose of this study was to characterize the structural retinal alterations in a murine model of retinopathy with photoreceptor degeneration, in order to establish response patterns in the different stages of the degenerative-inflammatory process. Material and Methods: In this work, retinas from adult ICR mice were used. Groups of 4 animals were intraperitoneally injected with 100 mg/Kg of sodium iodate, and euthanized 24, 48 and 72 hours after injection. A non-injected animal was used as a control in each group. The retinas were analyzed by means of conventional histological techniques, immunohistochemistry, Western Blotting and q-RT-PCR. Results: Reactive gliosis occurs in response to aggressive stimuli. During retinopathy, Müller cell activation induces glial fibrillary acidic protein (GFAP) over-expression. Immunohistochemistry, Western Blotting and q-RT-PCR techniques allowed us to characterize the levels of GFAP expression of each predefined inflammatory stage. Conclusions: In the analyzed murine sodium iodate injection-induced model of retinopathy, differences in GFAP expression allowed us to establish expression patterns of this protein which may be used to identify the phase of the inflammatory response in progress.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4870
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Identificação de padrões de resposta das células de Muller na retinopatia degenerativa em murganho.pdf2,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.