Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4868
Título: Estudo do efeito da administração da gonadotrofina coriónica humana ou do meloxicam sobre a taxa de gestação de receptoras de embriões bovinos descongelados da raça Frísia Holstein
Autor: Pereira, David Gago da Câmara Dias
Orientador: Silva, João Nestor das Chagas e
Palavras-chave: Transferência de embriões
novilhas
embriões descongelados
taxas de gestação
meloxicam
hCG.
Embryo transfer
heifers
thawed embryos
pregnancy rates
Data de Defesa: 15-Nov-2012
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Pereira, D.G.C.D. (2012). Estudo do efeito da administração da gonadotrofina coriónica humana ou do meloxicam sobre a taxa de gestação de receptoras de embriões bovinos descongelados da raça Frísia Holstein. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A transferência de embriões (TE) - tecnologia reprodutiva de 2ª geração possui um sucesso comprovado, tendo actualmente uma expressão mundial significativa. O objectivo deste trabalho consistiu no estudo das taxas de gestação (TG) após transferência de embriões bovinos descongelados, usando gonadotrofina coriónica humana (hCG) ou o anti-inflamatório não esteróide, meloxicam, em novilhas da raça Frísia Holstein pertencentes a produtores de quatro ilhas do grupo central da Região Autónoma dos Açores. Apesar da amostra estudada ser reduzida (n=100), os resultados das TG parecem-nos aceitáveis para todos os grupos: grupo não tratado (n=48) (64,6%); grupo meloxicam dia 6 (n=15) (66,6%); grupo meloxicam dia 14 (n=19) (63,2%); grupo hCG dia 6 (n=18) (55,5%). Contudo, os dados não evidenciaram diferenças significativas entre as TG nos diferentes grupos de tratamento pelo teste exacto de Fisher bilateral, com p=0,907. Também não se encontrou qualquer evidência de associação entre “Grupo tratado” ou “Grupo não tratado” versus “Diagnóstico de gestação” pelo teste exacto de Fisher bilateral, com p=0,837. Os dados também não evidenciaram diferenças entre o tempo mediano de TE (7 min) entre novilhas gestantes e não gestantes, pelo teste de Mann-Whitney U, com p=0,850. Assim, apesar do estudo não revelar resultados estatísticos significativos, parece-nos admissível sugerir o uso de meloxicam como tratamento coadjuvante, sobretudo após a transferência de embriões cuja viabilidade esteja ainda mais comprometida que os embriões usados no presente trabalho. Em conclusão, o presente ensaio poderá ser o precursor de outros a serem realizados com uma amostra maior e eventualmente com um desenho experimental mais completo. Futuros estudos poderão incluir um maior número de grupos para análise e avaliarem a eventual diferença entre tratamentos, na perspectiva da obtenção de uma relação custo-benefício favorável com recurso à transferência de embriões de alto valor genético.
ABSTRACT - The effect of human chorionic gonadotrophin or meloxicam administration on the pregnancy rate after transfer of frozen-thawed Holstein bovine embryos to dairy heifers - Embryo transfer (ET) - 2nd generation of reproductive technologies has an approved success and a significative expression worldwide. The aim of this work was to study the pregnancy rate (PR) after ET using thawed bovine embryos injecting human chorionic gonadotrophin (hCG) or the non steroidal anti-inflammatory meloxicam in a group of Holstein Frisiean heifers belonging to farmers allocated in four islands of the central group of Azores autonomous region. Despite the reduced studied population (n=100), the results in PR seem to us acceptable to all groups: Untreated group (n=48) (64,6%); meloxicam day 6 group (n=15) (66,6%); meloxicam day 14 group (n=19) (63,2%) and hCG day 6 group (n=18) (55,5%). However, the data revealed no significant differences between the PR in the different treated groups with Fisher’s exact bilateral test with p= 0,907. There was also no evidence of an association between "Group treated" or "Untreated group" versus "Pregnancy diagnosis" with Fisher's exact bilateral test p = 0,837 bilateral. The data also showed no differences between the median time of ET (7 minutes) between heifers pregnant and non-pregnant with Mann-Whitney U test with p= 0,850. Thus, although the study did not reveal significant statistical results, it seems acceptable to suggest the use of meloxicam as adjuvant treatment, especially after the transfer of embryos whose viability is further more compromised than the embryos used in this study. In conclusion, the present study may be the precursor of others studies to arise new aims and results regarding a larger sample and eventually a more complete experimental design. A greater number of groups to be analyzed and evaluated to check any differences between treatments with the aim of obtaining a relationship among values appropriate to the use of embryo transfer with high genetic value.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4868
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.