Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4493
Título: When are the most sucessful matches between worker and firm established?
Autor: Barradas, Cláudia Sofia Carrilho
Orientador: Novo, Álvaro
Centeno, Mário
Palavras-chave: Match quality
real wages
job tenure
annual wage growth rates
duration models
multinomial models
Qualidade do emprego
salários reais
estabilidade do emprego
taxas de crescimento salarial
modelos de duração
modelos multinomiais
Data de Defesa: Set-2011
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Barradas, Cláudia Sofia Carrilho. 2011. "When are the most sucessful matches between worker and firm established?". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: This dissertation investigates the role of the external labor market conditions on job matching quality, proxied by real wages and tenure. First, it assesses the impact of current and initial unemployment rates on wages determination. It presents evidence that real wages tend to react in a procyclical way and there is a learning process of match quality that decreases the impact of the business cycle on real wages. Through a duration model, I show that jobs initiated during an economic downturn tend to last less than those initiated during an expansion. Then, applying a multinomial model to real wages and tenure quartiles, I demonstrate a positive impact of the unemployment rate prevailing at the start of the job for those who receive higher wages and those who have longer tenures relatively to those at the bottom of the match quality. It also presents empirical evidence supporting the prediction that jobs initiated during recessions tend to have larger real wages adjustments, especially, when the business cycle improves.
Este estudo tem como principal objectivo analisar a importância do ciclo económico na qualidade das relações laborais, sendo, para este efeito, consideradas como próximas, os salarios reais e a duração do emprego. Numa primeira fase, demonstra-se que os salários reais reagem de forma pró-cíclica as taxas de desemprego observadas no início e ao longo do contrato de trabalho, e que existe um processo de apren¬dizagem da qualidade da relação laboral que atenua o impacto negativo do ciclo económico nos salários reais. Recorrendo a um modelo de duração, comprova-se que as relações laborais formadas durante recessões tendem a ter menor duração do que aquelas estabelecidas durante expansões. Numa segunda fase, através de um modelo multinomial, demonstra-se que existe um efeito positivo do ciclo económico para os trabalhadores que recebem salários mais elevados e tem maior estabilidade no emprego, quando comparados com aqueles que se situam no quartil mais baixo em termos de qualidade da relação laboral. Para concluir, e apresentada evidencia empírica de que as relações laborais iniciadas durante fases de recessão tendem a apresentar maiores ajustamentos salariais, sobretudo quando o ciclo recupera.
Descrição: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4493
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DM-CSCB-2011.pdf335,68 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.