Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4272
Título: Desenvolvimento e comunicação : a comunicação por carta no tempo presente e a sua relação com o desenvolvimento económico, social e cultural em Portugal
Autor: Costa, Custódia do Sacramento Ferro
Orientador: Torres, Adelino
Palavras-chave: desenvolvimento económico
comunicação escrita
tecnologias de informação e comunicação
Internet
correios
carta
economical development
written communication
information and communication technologies
Internet
mail
letter
Data de Defesa: Abr-2008
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão.
Citação: Costa, Custódia do Sacramento Ferro. 2008. "Desenvolvimento e comunicação : a comunicação por carta no tempo presente e a sua relação com o desenvolvimento económico, social e cultural em Portugal". Tese de Doutoramento. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: A modernidade contemporânea em todas as épocas da história provoca perplexidades. Este princípio do século XXI também vem surpreendendo pelas novidades resultantes dos avanços das tecnologias de informação e comunicação. Vamos mudando as formas de viver, em particular as formas de comunicar entre pessoas e organizações. Um importante contributo para essa mudança é o das redes de comunicação sobre as quais funciona a Internet. Com este recurso, que tornou possível o correio electrónico, deixou de ser necessário enviar e receber todas as cartas, que antes eram necessárias para realizar muitos dos actos de relação económica e pessoal. O uso do correio electrónico em vez da carta física juntamente com alguns focos de crise económica levaram a que, em Portugal, como em muitos outros países, o tráfego de correio surpreendesse com uma diminuição absoluta neste princípio de século, coisa que só se tinha registado em períodos de guerra. O acto de escrever uma carta ou um qualquer meio electrónico alternativo, dá corpo a um processo de comunicação interpessoal que se desenrola de forma diversa conforme as condições do indivíduo e o nível de desenvolvimento de cada país. É desta problemática que se ocupa o presente trabalho. Num primeiro momento estuda a relação macro económica entre desenvolvimento e tráfego postal, em cerca de 50 países, de elevado e baixo nível de desenvolvimento, através de uma análise macro econométrica cross section. O segundo momento de investigação, micro económico, incide sobre uma amostra de 900 indivíduos da população portuguesa e visou reconhecer, avaliar e interpretar os seus comportamentos face aos meios de comunicação escrita interpessoal: carta, fax, e-mail e SMS. A principal conclusão do estudo macro é de que a relação positiva esperada entre desenvolvimento e tráfego de correspondências que se observa historicamente só se verifica para os países de desenvolvimento elevado. O principal traço conclusivo do estudo micro é de que a substituição da carta por meios electrónicos alternativos está de facto a ocorrer em Portugal nos estratos populacionais mais jovens, mais educados e cultos e com maior nível de bem-estar, que ainda constituem minoria na população.
Contemporary modernity gives rise to perplexities in all periods of history. This XXIth century principle is also creating surprise due to the novelties resulting from the advance of information and communication technologies. The ways of living change, particularly the ways how people and organizations communicate between each other. An important contribution to this change is the networks in which the internet is based. With this recourse, which made possible the electronic mail, sending and receiving all those letters that in the past were so necessary for bringing about many of the economic and personal relation acts is no longer needful. Electronic mail as a substitute for the material letter, together with some focuses of economical crises, led the postal traffic in Portugal as in many other countries to a surprisingly absolute decrease in the beginning of this century, a fact that was only registered in war times. The act of writing a letter or any other alternative electronic mean nourishes a process of interpersonal communication which unfolds itself in many a way, according to the individual conditions and the development level of each country. It is on this issue that the present work deals with. In an initial phase it studies the macro economical relation between development and postal traffic in about 50 countries of high and low levels of development, through a cross section macro econometrical analysis. The second phase of the investigation, the micro economical, falls upon a sample of 900 individuals of the Portuguese population and sought to acknowledge, appraise and interpret their conduct in the sight of the interpersonal written communication means: letter, fax, e-mail and SMS. The main conclusion of the macro study is that the expected positive relation between development and correspondence traffic that is historically observed it can only be ascertained in connection with the high developed countries. The main conclusive line of the micro study is that alternative electronic means as a substitute for letters is indeed occurring in Portugal in the youngest, more well-bred and cultivated and with higher welfare conditions population strata, which are still representative of a minority in the national population.
Descrição: Doutoramento em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4272
Aparece nas colecções:BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis
DE - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.