Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4233
Título: Emprego e Formas de Precariedade da Actividade Laboral : o caso de Portugal no contexto da UE
Autor: Rebelo, Maria da Glória Carvalho
Orientador: Kovács, Ilona
Data de Defesa: Mai-2001
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Rebelo, Maria da Glória Carvalho. 2001. "Emprego e Formas de Precariedade da Actividade Laboral : o caso de Portugal no contexto da UE". Tese de Doutoramento. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: O objecto desta investigação é a caracterização das mais recentes dinâmicas sócio-económicas do emprego e a identificação das formas de precarização da actividade laboral, complementadas com os resultados de um complexo trabalho empírico, mediante o recurso a técnicas de inquérito e de entrevista aprofundada. Partindo do pressuposto central de que o trabalho continua hoje a ser essencial para a integração social e para a auto-realização dos indivíduos, este estudo centrado no problema da qualidade do emprego em Portugal - a precariedade da actividade laboral - constitui-se simultaneamente como uma necessidade e um contributo para uma discussão capaz de oferecer matéria reflexiva para a elaboração de políticas de intervenção sócio-económicas. Pretende-se saber qual a repercussão da mundialização das economias e da globalização selectiva na alteração de novas práticas laborais, agora com formas de gestão da força de trabalho mais orientadas para a instabilidade contratual. Neste trabalho problematiza-se uma realidade multidimensional, identificando-se as diversas vertentes a que se reporta a precariedade laboral e considerando que o seu enquadramento vai para além do estrito quadro jurídico, adquirindo uma dimensão marcadamente sociológica. Procura-se reflectir sobre os meios de integrar na vida colectiva aqueles que hoje conhecem o risco de segmentação profissional e social, reflexão própria da cidadania.
The aim of this inquiry is the characterization of the most recent dynamic social-economical job area and the identification of the forms of precarious labour activity, complemented with the results of a complex empirical work, by featuring the techniques of inquiry and in deep interviews. Assuming the central purpose that work keeps on being essential for the social integration and the self-fulfillement of the individuals, this study focused on the qualitative problem of employment in Portugal - the precarious activity - is both a necessity and a contribute for a discussion capable of offering reflexive matter for the elaboration of politics for social-economical intervention. It is intended to know what is the repercussion of the world-wide economies and of the selective globalization in the change of new labour methods, now with forms of management of the workforce featuring contractual instability. In this paper we discuss a multidimensional reality identified with the several approaches to which the precarious labour is reported, considering that its frame is beyond the strict juridical perspective, accquiring a deep sociological dimension. We intend to reflect about the means of integration in the collective life of those that today know the risk of professional and social segmentation, a proper reflection of the citizenship.
Descrição: Doutoramento em Sociologia Económica e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4233
Aparece nas colecções:BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis
DCS - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.