Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/4036
Título: Resíduos de medicamentos veterinários em mel
Autor: Belas, Adriana de Jesus Inácio
Orientador: São Braz, Berta Maria Fernandes Ferreira
Carrapiço, Belmira Maria Monteiro
Palavras-chave: Mel
acaricidas
antibióticos
metodologias analíticas
segurança alimentar
honey
acaricides
antibiotics
analytical methodologies
food safety
Data de Defesa: 6-Fev-2012
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Belas, A.J.I. (2012). Resíduos de medicamentos veterinários em mel. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: O mel é o produto da apicultura mais conhecido e comercializado no mundo, que tem vindo a ser considerado como natural, saudável, sendo consumido pela maioria das pessoas, especialmente crianças e pessoas doentes, devido aos seus efeitos benéficos. Na Apicultura, o uso de antibióticos e de acaricidas sintéticos é uma prática corrente, para o tratamento de doenças bacterianas e parasitárias das abelhas, e da qual pode resultar a presença de resíduos dessas substâncias no mel. Estes resíduos podem comprometer a qualidade do produto e a segurança alimentar, causando problemas comerciais e de saúde pública. Com este trabalho pretendeu-se desenvolver metodologias analíticas específicas, sensíveis, rápidas e relativamente baratas para determinação de cumafos, flumetrina, tau-fluvalinato, tetraciclinas e sulfamidas em mel e a determinação dessas mesmas substâncias em amostras comerciais de mel, para avaliação do produto em termos de segurança para o consumidor. O trabalho foi desenvolvido no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia, da Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Técnica de Lisboa. As metodologias analíticas desenvolvidas incluem uma fase inicial de extracção em fase sólida, seguida de análise por cromatografia de camada fina utilizando diferentes sistemas de eluição e reagentes de visualização para cada grupo químico e também a cromatografia gasosa com detector de captura electrónica, no caso dos acaricidas. As metodologias implementadas para rastreio de acaricidas e antibióticos apresentaram sensibilidade acima de 90% e especificidade de 100%, à excepção das sulfamidas em que se obteve sensibilidade a partir de 77%. Assim, o procedimento analítico proposto pode ser utilizado para rastreio de resíduos de substâncias farmacologicamente activas de medicamentos veterinários, em mel. Nas 42 amostras de mel nacional, recolhidas durante o período de Outubro de 2010 a Junho de 2011, foi identificado o sulfatiozol em 9,7% das mesmas, que constituirá uma utilização ilegal uma vez que de acordo com a Legislação Europeia não está autorizado a utilização de antibióticos na produção de mel. As restantes substâncias não foram detectadas nas amostras analisadas. A avaliação da presença de residuos de substâncias farmacologicamente activas no mel realizada neste trabalho mostra que estas substâncias não representam um risco elevado em termos de segurança alimentar.
ABSTRACT - Veterinary Medicine Residues in honey - Honey is the best known product of beekeeping, marketed worldwide, that has always been regarded as natural and healthy. Most people, especially children and sick people, consume it because of its beneficial effects. The use of antibiotics and synthetic acaricides (as Veterinary Medicine Products- VMPs) in beekeeping is a common practice for the treatment of bees bacterial and parasitic diseases, which can result in the presence of residues in honey. These residues can compromise product quality and food safety, causing commercial problems and public health concerns. The aim of this work was the development of specific, sensitive, rapid and relatively inexpensive analytical methods to determine coumaphos, flumethrin, tau-fluvalinate, tetracyclines and sulphonamides in honey and make their determination in commercial samples to evaluate the consumers safety. This work was developed in Pharmacology and Toxicology Laboratory of Veterinary Medicine Faculty, Technical University of Lisbon. Analytical methodologies developed include solid phase extraction and thin layer chromatography analysis, using different elution systems and visualization reagents for each chemical group. For acaricides gas chromatography with electron capture detector was used. The implemented methodologies for acaricides and antibiotics screening showed over 90% of sensitivity and 100 % of specificity, except for the sulfonamides (sensitivity of 77%). These methodologies allows the use of this proposed analytical procedure on screening of pharmacologically active substances residues of VMPs in honey. 42 national honey samples were collected during the period October 2010 to June 2011 and analysed. In 9.7% of the samples sulfatiozol was detected, which will constitute an illegal use, since according to European legislation, antibiotics use is not allowed in honey production. No other substances were detected in the samples. The evaluation of the presence of pharmacologically active substances residues of VMPs in honey carried out in this work shows that these substances do not pose a high risk in terms of food safety.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Segurança Alimentar
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4036
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado
DPASA - Teses de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Residuos de Medicamentos Veterinarios em Mel.pdf2,11 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.