Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3681
Título: Para uma teoria política da escassez: contributos para uma percepção política do fenómeno
Autor: Fialho, Luiz Alves de Oliveira
Orientador: Balão, Sandra Maria Rodrigues
Palavras-chave: Teoria política da escassez
American way of life
Crescimento económico
Desenvolvimento sustentável
EUA
Estado
Scarcity political theory
Economic growth
Sustainable development
State
Data de Defesa: 5-Set-2011
Editora: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Resumo: O presente trabalho aborda a temática da influência da escassez de bens primários na esfera política da acção dos Estados. Sendo a escassez um objecto de estudo das ciências económicas, verificouse que a sua percepção transcende a área de actuação económica e influi directamente na tomada de decisão política. Não sendo possível alargar esta análise a todos os Estados do mundo, centramos a análise desse fenómeno nos EUA, pelo facto de este ser genericamente percebido como uma potência económica, política e militar que exerce influência ao nível global. Assim, o desenvolvimento deste trabalho é feito através de três divisões: a primeira examina as complexidades económicas (escassez) com que o Estado Absoluto se constituiu e a sua passagem para o Estado Liberal; a segunda aborda a acção política dos EUA e a influência ideológica do american way of life (consumismo) para o capitalismo moderno; e a terceira incide sobre as consequências ambientais do crescimento económico e a sua repercussão no domínio político internacional. Este trabalho procura explorar a influência da economia na acção política do Estado, ocasionada pela debilidade interna da economia associada à escassez de bens primários para o seu desenvolvimento e o exercício do poder ao nível global.
This thesis shall look at the influence of scarce primary resources in the political sphere of State action or dynamics. Being scarceness an object studied in Economics, it has been observed that its perception transcends the arena of purely economical action or initiative and directly influences on political decision making. Being unable to enlarge this analysis to all world States, the analysis of the phenomenon shall be centered on the USA, considered the economic, political and military power which exerts its influence at the global level. Thus, the development of this thesis shall be divided in three parts: the first examines the economic complexities (scarcity) through which the Absolute State was built and its passage towards a Liberal State; the second observes the political action of the USA and the ideological influence of the American way of life (consumerism) on modern capitalism; the third reflects on the environmental consequences of economic growth and its repercussions on the international political dominion. This thesis pretends to explore the influence of the economy on the State´s political action, due to internal economic weakness or frailty in conjunction with the scarcity of primary goods for the development and exercise of power at the global level.
Descrição: Dissertaçã de Mestrado em Ciência Política
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3681
Aparece nas colecções:BISCSP – Teses de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Para uma teoria política da escassez.pdf1,01 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.