Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3663
Título: Efeito do desajustamento das dimensões do mobiliário escolar em relação às características morfológicas de adolescentes com diferentes níveis de maturação na prevalência de sintomas músculo-esqueléticos na coluna vertebral
Autor: Assunção, Ana Raquel Martins
Orientador: Carnide, Maria Filomena Araújo Costa Cruz
Palavras-chave: Actividade física
Adolescentes
Crianças
Dor na coluna vertebral
Maturação
Mobiliário escolar
Mochilas
Data de Defesa: 2011
Resumo: As raquialgias em crianças e adolescentes têm vindo a aumentar nos últimos anos, sendo o contexto escolar um ambiente privilegiado para potenciar este fenómeno. Objectivo: analisar qual o efeito do desajustamento das dimensões do mobiliário escolar em relação às características morfológicas de adolescentes com diferentes níveis de maturação na prevalência de sintomas músculo-esqueléticos na coluna vertebral. Metodologia: A amostra foi constituída por 138 alunos do 3ºciclo. Aplicou-se um questionário de auto-resposta para a determinação da sintomatologia músculo-esquelética. Foram aplicadas medidas directas na avaliação da morfologia, maturação, nível de actividade física, e dimensões do mobiliário escolar. O tratamento estatístico realizado foi uma análise de regressão logística multifactorial. Resultados: A prevalência de raquialgias foi de 57,9%. Os resultados evidenciaram uma associação estatisticamente significativa para o género feminino (p=0.016, OR=4.06, IC 95%: 1.31-12.60). Adolescentes com maior idade óssea apresentam mais queixas de dor na coluna cervical (p=0.035) e dorsal (p=0.015). A diferença entre a altura da secretária e altura do cotovelo encontra-se associada com a dorsalgia para o total da amostra (p=0.010, OR=1.39, IC 95%: 1.08-1.79) e para o género feminino (p=0.006, OR=2.32, IC 95%: 1.27-4.26). Por outro lado, a diferença entre a altura da secretária e a altura dos olhos apresenta uma associação positiva com a ocorrência de dorsalgia para o género feminino (p=0.010, OR=0.55, IC 95%: 0.35-0.87) e para o total da amostra (p=0.033, OR=0.81, IC 95%: 0.67-0.98). Conclusão: Estes resultados evidenciam a importância do estudo do ambiente escolar na prevenção de problemas músculo-esqueléticos em crianças e adolescentes.
Back pain among children and adolescents has been increasing over the last few years, and the school environment is privilege as far as this phenomenon is concerned. Objective: to assess the influence of typical school furniture and its miss-adjustment towards morphological adolescent characteristics within different stages of their development, in the prevalence of muscle-skeleton symptoms in the spine. Methods: The sample included 138 students belonging to the 7th to 9th grade. A self-response questionnaire was use to determine musculoskeletal symptoms. Direct measures were used to evaluate morphology, development stage, physical activity level and school furniture. Statistical analysis was performed by logistic regression analysis (Backward Conditional). Results: Back pain was found to be present in 57.9% of the cases. There was a significant statistical association between back pain and female gender (p=0.016, OR=4.06, 95% CI: 1.31 to 12.60). Adolescents with higher skeletal age presented more frequency of back pain in the cervical (p=0.035) and dorsal (p=0.015) areas. Higher differences between the elbow height and the desk are associated with dorsal back pain, both in total (p=0.010, OR=1.39, 95% CI: 1.08 to1.79) and for the female gender (p=0.006, OR=2.32, 95% CI: 1.27 to 4.26). On the other hand, higher differences between the desk and the eye height showed to be protective for back pain in girls (p=0.010, OR=0.55, 95% CI: 0.35 to 0.87) and for the total sample (p=0.033, OR=0.81, 95% CI: 0.67 to 0.98). Conclusion: these results point to the importance of school environment studies in order to prevent muscle-skeleton problems among children and adolescents.
Descrição: Mestrado em Ergonomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3663
Aparece nas colecções:ERG - Teses de Mestrado
BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_definitiva_AnaAssuncao.pdf1,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.