Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3660
Título: Do plano a ação. O envolvimento dos atores no planeamento do espaço urbano. Vale da Amoreira na Moita
Autor: Rafacho, Armanda Murino
Orientador: Cabral, João Carlos Vassalo Santos
Palavras-chave: Planeamento colaborativo
Bairros criticos
Programa iniciativa bairros críticos
Atores urbanos
Vale da Amoreira
Colaborative planning
Critical areas
The critical urban areas programe
Urban actors
Data de Defesa: Jul-2011
Editora: Faculdade de Arquitectura de lisboa
Citação: RAFACHO, Armanda Murino - Do plano a ação. O envolvimento dos atores no planeamento do espaço urbano. Vale da Amoreira na Moita. Lisboa : FA, 2011, Tese de Mestrado
Resumo: O espaço urbano ao longo de sua história tornou-se cada vez mais complexo. As transformações económicas, políticas e sociais foram os principais contributos para diversificação social, dos mercados e produtos. Nos anos 70/80 o urbanismo entra em crise. As cidades demonstram sua fragilidade através das áreas degradadas e abandonas, evidenciando as falhas do planeamento urbano. O desenvolvimento de visões transdisciplinares permitiu avanços nas reflexões acerca dos porquês e, principalmente, sobre quem faz a cidade, reconhecendo os diferentes atores que nela atuam.Tendo em conta a multiplicidade de atores e interesses presentes no espaço urbano, torna-se necessário identificá-los e integrá-los nas decisões sobre o mesmo, de modo a evitar que o espaço se torne reflexo de um jogo de interesses e poderes, no qual o mercado é o principal regulador. Baseado na ação comunicativa, o planeamento colaborativo é a teoria que busca desenvolver métodos para ação participativa em diferentes níveis. Busca redistribuir o papel do Estado entre as diversas agências formalmente organizadas construindo as bases de uma governança urbana partilhada. O presente trabalho tem como objetivo verificar se o envolvimento dos atores agiliza a implementação de planos, contribuindo para a construção justa de cidades. Pretende-se através do estudo da intervenção sócio territorial integrada no Vale da Amoreira (Moita, AML),inserida no âmbito do programa experimental Iniciativa Bairros Críticos, compreender as principais dificuldades da ação colaborativa e se ela pode facilitar a passagem coerente do plano a ação.
ABSTRACT - Throughout history, the urban space has become increasingly complex. The economic, political and social transformations have contributed largely to the diversification of contemporary society, market and products. In the 70/80s the cities had plunged into an urban crisis. Their weaknesses were exposed by degraded and abandoned areas, an evident result from the failures of urban planning. The development of transdisciplinary perspectives allowed for na improvement in the reflections about the reasons why it failed and, especially, about who builds the city, recognizing the different partaking actors. Taking into consideration the multiplicity of actors and interests involved in the urban space, it is necessary to identify and integrate them in decisions, in order to prevent the urban space to become a stage for games of interests and power relations in which the market is the main regulator. Based on communicative action, collaborative planning is the theory that seeks to develop methods for participatory action at different levels. This theory implies the redistribution of the State's role amongst the various formally organized agencies, laying the foundations for a joint urban governance. The aim of this study is to evaluate if the involvement of actors facilitates the implementation of plans in the construction of more equitable cities. Another purpose is, considering the case study of an integrated social and territorial intervention in Vale da Amoreira (Moita, AML), part of the governmental experimental program “Critical Urban Areas”, to understand the major difficulties involved in collaborative action and whether it might be a factor that facilitates the transition from planning to action.
Descrição: Tese de Mestrado em Estudos Urbanos em Regiões Mediterrânicas.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3660
Aparece nas colecções:DCST - Teses de Mestrado / Master Thesis
BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM 600.pdf5,07 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.