Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3486
Título: Influência da administração de cálcio no pós-parto na prevalência de doenças do puerpério em vacas de leite na Ilha Terceira
Autor: Oliveira, Tiago Machado
Orientador: Silva, João Fernandes Fagundes da
Stilwell, George Thomas
Palavras-chave: Hipocalcémia
Cálcio
Parto
Doenças puerperais
Custos
Hypocalcaemia
Calcium
Calving
Postpartum
Economical impact
Data de Defesa: 29-Jun-2011
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Oliveira, T.M. (2011). Influência da administração de cálcio no pós-parto na prevalência de doenças do puerpério em vacas de leite na Ilha Terceira. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Este estudo foi realizado em cinco explorações da ilha Terceira, Açores, que se caracterizam por serem explorações com sistemas de produção à base de pastagem. Das cinco explorações apenas duas delas suplementavam as suas vacas com dieta completa. O objectivo deste trabalho foi o de verificar a influência da administração parenteral de cálcio no pós-parto na prevalência de doenças puerperais de forma a relacioná-las com hipocalcémia. Entraram no estudo 114 animais, divididos em dois grupos: 56 animais foi-lhes administrado por via endovenosa no pós-parto um frasco de 500 ml de borogluconato de cálcio a 23% e 58 animais serviram de grupo controlo. Foram registados a data de parição, a paridade e a ocorrência de doenças desde o parto até à detecção do primeiro cio pós-parto. Durante o estudo aproximadamente 20% dos animais tiveram pelo menos uma doença, sendo a taxa de mortalidade de cerca de 3%. A incidência das doenças nos animais aos quais foi-lhes administrado cálcio no pós-parto foi: 7,1% para a infecção uterina e mamite, 5,4% para outras doenças, 3,6% para a retenção placentária, 0% para a hipocalcémia clínica e deslocamento do abomaso. Sendo a incidência total de doenças nestes animais de 23,2%. Nos animais controlo a incidência das doenças foi: 12,1% para a hipocalcémia clínica, 10,3% para a retenção placentária, 5,2% para mamite e outras doenças, 3,4% para infecções uterinas, e 1,7% para o deslocamento do abomaso. Sendo a incidência total de doenças nestes animais de 37,9%. Apesar das diferenças nas incidências das doenças puerperais, a hipocalcémia clínica foi a única doença em que houve diferenças estatisticamente significativas (p=0,007) entre a administração de cálcio no pós-parto e a ocorrência da mesma, levando a concluir que é uma boa medida preventiva para a hipocalcémia clínica. O custo médio das doenças por animal a que foi administrado cálcio no pós parto foi de 16,51 €, comparando com o custo médio das doenças no grupo controlo que foi 26,02 €, temos uma diferença de 9,51 € por animal. Um frasco de cálcio custa 11,44 €, ou seja um pouco mais da diferença entre os dois grupos, no entanto poderá ser economicamente vantajoso administrar cálcio a todos os animais após o parto, uma vez que existem outros custos associados às doenças puerperais que não estão contabilizados neste estudo mas que têm um grande impacto económico na produção de leite, como por exemplo a baixa na produção de leite, o aumento da mão-de-obra, o aumento da taxa de refugo, o aumento da taxa de reposição do efectivo e o aumento dos problemas reprodutivos.
ABSTRACT - Influence of administration of calcium delivery in diseases of postpartum in dairy cows in Terceira - This study was conducted on five farms in Terceira island in the Azores, which are characterized by being farms with production systems based on extensive grazing. Only two of the five farms feed their cows after the milking with Total Mixed Ration. The purpose of this study was to examine the influence of intravenous administration of calcium at calving and the incidence of puerperal diseases in order to relate them with hypocalcaemia. A total of 114 animals were included in the study, divided into two groups: 56 animals were given one bottle of 500 ml of 23% borogluconate calcium intravenous at calving and 58 animals served as control group. We registered the calving date, time of parturition and occurrence of diseases from birth until detection of first estrus postpartum. During the study approximately 20% of animals had at least one disease and the mortality rate of 3%. The incidence of diseases in animals that were given calcium at calving was: 7.1% for uterine infection and mastitis, 5.4% for other diseases, 3.6% for retained placenta, 0% for clinical hypocalcaemia and displacement abomasum. Overall incidence of disease in these animals was 23.2%. In control animals the incidence of diseases was: 12.1% for clinic hypocalcaemia, 10.3% for retained placenta, 5.2% for mastitis and other diseases, 3.4% for uterine infections, and 1.7% to the displacement of the abomasum. The overall incidence of disease in these animals was 37.9%. Despite differences in the incidences of puerperal diseases, the clinic hypocalcaemia was the only disease that showed statistically significant differences (p=0.007) between the administration of calcium at calving and the occurrence of the same, leading to the conclusion that it is a good preventive measure for clinic hypocalcaemia. The average cost of diseases for animals that took calcium was € 16.51, compared with the average cost of disease in the control group which was € 26.02, leading to a difference of € 9.51 per animal. A bottle of calcium costs € 11.44, however it seems to be economically feasible to administer calcium to all animals at calving, since there are other costs associated with puerperal diseases that are not recorded in this study but which have a large economic impact, such as low milk production and increased workmanship, culling rate, rate of replacement and reproductive problems.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3486
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.