Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3468
Título: Lisboa e o rio. A relação turística sustentável
Autor: Santos, António Miguel da Silva Pereira Stichini
Orientador: Moreira, Maria da Graça dos Santos Antunes
Palavras-chave: Sustentabilidade
Turismo
Cruzeiros
Urbanismo
Tejo
Lisboa
Sustainability
Tourism
Cruises
Urbanism
Tagus
Lisbon
Data de Defesa: Mai-2011
Editora: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Citação: SANTOS, António Miguel da Silva Pereira Stichini - Lisboa e o rio. A relação turística sustentável. Lisboa : FA, 2011. Tese de Mestrado
Resumo: O rio e a cidade de Lisboa tiveram ao longo dos tempos várias etapas na sua relação, que vão desde a sua origem de uma forma integrada ao corte da relação. Averiguou-se formas de fazer cidade e quais as mais adequadas tentando ter sempre presente não só a sustentabilidade económica, sem duvida importante, mas também e igualmente necessárias, a sustentabilidade social e ambiental como garantia de investimento num futuro mais promissor e mais sustentável. Neste trabalho contextualizou-se historicamente a relação entre o rio e a cidade e a sua transformação na realidade actual do turismo, com maior incidência no emergente turismo de cruzeiros, geralmente menos sustentável do que seria desejável. O turismo de cruzeiros apenas tem sido visto do ponto de vista económico, merecendo por parte dos organismos de poder apenas essa atenção deixando de lado outras vertentes, não menos importantes, da forma de planear cidade. Aplicou-se à investigação a análise da forma como as opções urbanísticas têm sido tomadas e relacionar o fenómeno do turismo de cruzeiros e a sua relação com a cidade pós-industrial e o seu sistema em rede, assim como analisar as questões de coesão territorial dentro de uma lógica sistémica ou em rede. Por fim verificou-se como o turismo de cruzeiro enquanto actividade de consumo se pode relacionar com a cidade contemporânea.
The river Tagus and the city of Lisbon had over the years various stages in their relationship ranging from its origin to its outline. This dissertation tries to establish ways of building a city and determine the most appropriate ones, taking into consideration not only their economic sustainability, indubitable important, but also their social and environmental sustainability as an assurance for a brighter and more sustainable future. The dissertation contextualizes historically the relationship between the river and the city and its transformation in the current situation of tourism, focusing on the emerging cruise tourism, generally less sustainable than it should. The cruise tourism has always been seen by the governmental bodies only from the economic point of view, leaving aside other aspects, not less important, from the city planning. The research provides an analysis of how urban planning options have been taken and tries to link them to the occurrence of cruise tourism and its relation to post-industrial city and its network system, and to analyze the issues of territorial cohesion within a systemic logic or network. Finally, it was investigated how cruise tourism as a consumer activity could be related to the contemporary city.
Descrição: Tese de Mestrado em Arquitectura com a especialização em Planeamento Urbano e Territorial
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3468
Aparece nas colecções:DCST - Teses de Mestrado / Master Thesis
BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM 569.pdf26,5 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.