Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3418
Título: Artes Performativas: Despesa Pública e Procura em Portugal
Autor: Dias, Pedro Ricardo Simões
Orientador: Barros, Carlos Pestana
Palavras-chave: Economia da Cultura
Procura
Artes performativas
Despesa pública em cultura
Séries temporais
Portugal
Cultural economics
Performing arts
Demand
Public expenses on culture
time series
Data de Defesa: 9-Mai-2011
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Dias, Pedro Ricardo Simões. 2011. "Artes Performativas: Despesa Pública e Procura em Portugal". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: A presente dissertação de mestrado em economia e políticas públicas procura analisar o efeito da despesa pública na procura de bens culturais, entendidos estes enquanto bens de mérito. O trabalho de Baumol e Bowen Performing Arts: The Economic Dilemma (1966) é enunciado na literatura como estando na génese da criação da disciplina da economia da cultura. Este trabalho tem o grande contributo de desenvolver um modelo de crescimento económico não equilibrado, onde os aumentos dos salários nos sectores que não experimentam ganhos de produtividade se devem ao efeito mimético daqueles em relação aos sectores onde se verificam ganhos de produtividade. Em resultado do aumento dos salários nos sectores sem ganhos de produtividade, contrário ao postulado da economia segundo a qual os salários devem reflectir a produtividade do trabalho, verifica-se um aumento dos preços dos bens produzidos. Este aumento de preços tem efeitos díspares consoante a reacção, elástica ou rígida, da procura: o desaparecimento daqueles sectores ou a diminuição do crescimento económico. Neste quadro, a presente dissertação analisa a procura em artes performativas no caso português utilizando dados anuais de 1960-2008. Após a aferição da existência de raízes unitárias nas séries estatísticas usadas, é estimado um modelo econométrico de procura que permitirá testar a lei de Baumol. Conclui-se que a lei de Baumol é verificada nas despesas da cultura em Portugal e são retiradas as implicações de política cultural.
This master thesis on public economy analyses the effect o the public expenses on the demand for cultural goods, this one's as merit goods. Baumol and Bowen study Performing Arts: The Economic Dilemma (1966) is announced as the seminal work for the arising of de cultural economics. The great contribution of this work was the unbalanced growth model, where the wages increases in activities with no productivity gains results of a mimetic effect in relation to activities with productivity gains. The wages increases, not according to the labor productivity but according to some social rule that equals the wage of labors with productivity gains with wages of labors without productivity gains, results in price raises for the goods. This raises of prices results, depending on demand behavior, in the diminished of the activities with no productivity gains or the retraction of economic growth. In this framework, the present master thesis tests a demand function in Portuguese cultural expenditures, for a time series since 1960-2008. After testing the existence of unit roots in the series a dynamic regression models is undertaken. Policy implications are derived.
Descrição: Mestrado em Economia e Políticas Públicas
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3418
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artes Performativas - despesa publica e procura em Portugal.pdf310,38 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.