UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3398

Título: O Reconhecimento Como Activo das Marcas Adquiridas Versus O Não Reconhecimento das Marcas Geradas Internamente
Autor: Valente, Carlos Miguel Leonor
Orientador: Caiado, António Pires
Vieira, Telmo Francisco Salvador
Palavras-chave: Marca como activo
valor de uma marca
avaliação da marca
goodwill
NIC 38
marca gerada internamente
Brand asset
brand equity
brand valuation
IAS 38
internally generated brand
Issue Date: Jun-2008
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Valente, Carlos Miguel Leonor . 2008. "O Reconhecimento Como Activo das Marcas Adquiridas Versus O Não Reconhecimento das Marcas Geradas Internamente". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: A presente dissertação contém uma análise dos vários métodos de reconhecimento da marca como activo da empresa, em conformidade com as normas de contabilidade existentes. Destaca-se a natureza restritiva da marca como activo, a qual, historicamente esteve ligada à contabilização do goodwilí adquirido. O requisito restritivo para reconhecimento da marca como activo, deriva unicamente de uma "transacção ou acontecimento", o que exclui o reconhecimento das marcas geradas internamente. Analisam-se também as últimas normas contabilísticas aprovadas pelo International Accounting Standards Board (IASB), de entre as quais se salienta a NIC 38 (Activos Intangíveis) para avaliar de que forma é que o reconhecimento da marca continuará no futuro a permanecer restritivo.
This dissertation contains an analysis of the different brand asset recognition methods in compliance with the existing accounting standards. It is distinguished the restrictive nature of a brand asset, which historically was attachment to purchased goodwill. The restrictive requirement for brand asset recognition, derived solely from a 'transaction or event", which excludes the recognition of internally generated brand. It examines also the latest accounting standards, approved by International Accounting Standards Board (IASB), among which stresses the IAS 38 (Intangible Assets), to assess whether the recognition of brand asset in the future will continue to remain restrictive.
Descrição: Mestrado em Gestão/MBA
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3398
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-CMLV-2008.pdf2,69 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia