Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3365
Título: Estudo exploratório da Peabody Developmental Motor Scales-2 (PDMS-2), dos 36 aos 71 meses de idade
Autor: Fernandes, Marilisa José
Orientador: Brandão, Maria Teresa Perlico Machado
Palavras-chave: Avaliação do desenvolvimento motor
PDMS-2
Criança
Fiabilidade
Validade
Data de Defesa: 2011
Resumo: A avaliação do comportamento motor assume uma grande importância na primeira infância. Torna-se, portanto, imprescindível que os profissionais da saúde e da educação disponham de instrumentos de avaliação que permitam despistar atrasos, deficiências ou precocidades, de forma a realizar, o mais precocemente possível, um plano de intervenção adequado ao desenvolvimento da criança. As Peabody Developmental Motor Scales-2 (PDMS-2) destacam-se pela sua ampla utilização no âmbito da avaliação motora infantil. Trata-se de um instrumento recentemente revisto e que permite avaliar a execução das habilidades motoras finas e grosseiras de crianças até aos 71 meses de idade. Neste estudo pretendeu-se verificar alguns pressupostos da fiabilidade e da validade das PMDS-2 para uma amostra de 115 crianças portuguesas, com idades compreendidas entre os 36 e os 71 meses. Os resultados obtidos evidenciaram bons níveis de fidelidade no que se reporta à consistência interna para a amostra do estudo. No que refere-se à validade, a análise factorial confirmatória demonstrou que, na estrutura portuguesa, os valores dos coeficientes estruturais são superiores aos encontrados relativamente à estrutura original, sugerindo uma maior relevância dos valores dos testes na determinação das variáveis latentes (Motricidade Global e Motricidade Fina). Verificou-se ainda que, as crianças da nossa amostra apresentaram níveis superiores na motricidade fina e ligeiramente inferiores na motricidade global comparativamente à população infantil norte-americana, o que poderá ser indicador de diferenças sócioculturais.
Developmental assessment of motor behavior is of great importance in early childhood. It’s critical that health and education professionals are provided with assessment tools that allow screening delays, disabilities or precocious behavior in order to design, as early as possible an intervention plan for promoting adequate child development. The Peabody Developmental Motor Scales-2 (PDMS-2) is extensively used in UE for assessing children’s motor development. This is a recently revised instrument for assessing the development of fine and gross motor skills of children up to 71 months of age. In this study we aimed to verify some assumptions of the reliability and validity of PDMS-2 for a sample of 115 Portuguese children aged between 36 and 71 months. The results showed good levels of fidelity in what concerns internal consistency for this sample. In what concerns validity, confirmatory factor analysis showed that in Portuguese structure, the values of structural coefficients are larger relative to the original structure, suggesting greater importance of the values of the tests in determining the latent variables (Global Motor and Fine Motor). It was also found that children in our sample had higher levels of fine motor abilities and slightly lower motor global abilities in comparison to U.S child population, which may reflect sociocultural influences.
Descrição: Mestrado em Desenvolvimento da Criança na variante de Desenvolvimento Motor
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3365
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE MARILISA FERNANDES.pdf1,95 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.