Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3297
Título: Transmodernidade e experiência do espaço. Periferia e periferias na problemática da sociedade contemporânea
Autor: Cavaco, Cristina Soares Ribeiro Gomes
Orientador: Rodrigues, Maria João Varela de Sena Magalhães Madeira
Palavras-chave: Arquitectura
Cultura arquitectónica
Data de Defesa: Jul-2001
Editora: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Citação: CAVACO, Cristina Soares Ribeiro Gomes - Transmodernidade e experiência do espaço. Periferia e periferias na problemática da sociedade contemporânea. Lisboa : FA, 2001. Tese de Mestrado
Resumo: As periferias urbanas são, na contemporaneidade, territórios instáveis, espaços intensamente vividos mas, contudo, incompreendidos. Importa considerar a periferia como lugar de desejo e como espaço de vida para encontrar ordens e esquemas de reconversão, na reinvenção e reinterpretação destes territórios carregados de complexidades, contradições e ambivalências. À luz de uma fenomenologia transcendental, entenda-se a periferia enquanto ex-tasis no espaço topológico entre real e imaginário, entre praxis e imaginação social. Dialéctica que, na prática, se expressa num subúrbio como forma mítica de «direito» - na concomitância de um «direito ao campo» e de um «direito à cidade» - e como forma de «ruptura» - no divórcio entre cidade e campo, entre urbs, civitas e rus, na tensão entre centro e periferia. Ager, ludus, faber, domus e villegium, enquanto categorias temporais, assumem, no espaço periférico, a dualidade entre a heterogeneidade espacial das realizações suburbanas e os lugares-comuns, fenómenos do pensamento esquemático, que também traduzem conteúdos e sentidos periféricos. Estas categorias periféricas determinam-se na dialéctica entre o real, o racional e o experimentado, desenhando as periferias em heterotopia. A transmodernidade estabelece-se na perspectiva de uma reconversão, pelo reacender do desejo e pelo restabelecer de valores, na experiência das categorias espaço-tempo na actualidade. TRANSMODERNITY AND THE EXPERIENCE OF SPACE - PERIPHERY AND PERIPHERIES IN THE PROBLEMATIC OF THE CONTEMPORANEOUS SOCIETY
Urban peripheries are, in our days, unstable territories, intensely lived spaces however, misunderstood. It’s important to consider the periphery as a place of desire and a space of life to find a reconversion orders and schema in the reinvention and reinterpretation of these territories so full of complexity, contradictions and ambivalences. Under the transcendental phenomenology lighting, periphery should be understood as ex-tasis in the topological space between reality and imaginary, between praxis and social imagination. This dialectic is, practically, expressed in a suburb as a mythical form of «right» - at the same time a «right to the field» and a «right to the city» - and as a form of «rupture» - on the divorce between city and country, between urbs, civitas, and rus, on the tension between city-centre and periphery. Ager, ludus, faber, domus and villegium, as categories in time, play, in the peripheral space, the duality between the spatial heterogeneity applied to suburban praxis and the common places, schematic thinking phenomena which also translate into peripheral contents and senses. These peripheral categories are determined in dialectic between the real, the rational and the experience contents, drawing the peripheries in heterotopia. The transmodernity is established with the goal of a reconversion, by a reborn desire and the restablishing of values, in the actual time-space experience.
Descrição: Tese de Mestrado em Cultura Arquitectónica e Construção da Sociedade Moderna
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3297
Aparece nas colecções:DCST - Teses de Mestrado / Master Thesis
BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TM 192.pdf42,39 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.