Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3164
Título: O Investimento Imobiliário nas Carteiras de Activos dos Fundos de Pensões e das Seguradoras em Portugal
Autor: Fragoso, Bruno Monteiro
Orientador: Neves, João Carvalho das
Fonseca, João Miguel Cabral Sacadura Alexandre da
Palavras-chave: Carteira de activos
investimento imobiliário
fundo de pensões
seguradoras
asset liability management
Portfolio of assets
property investment
pension fund
insurance company
asset liability management
Data de Defesa: Mar-2011
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Fragoso, Bruno Monteiro. 2011. "O Investimento Imobiliário nas Carteiras de Activos dos Fundos de Pensões e das Seguradoras em Portugal". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: Este trabalho surgiu no sentido de tentar procurar uma resposta para a seguinte dúvida: se o imobiliário apresenta rentabilidades mais atractivas para horizontes de investimento de longo prazo, porque apresenta percentagens reduzidas no total das carteiras de activos dos investidores institucionais? Neste sentido, este trabalho terá como finalidade a caraterização do investimento imobiliário nas carteiras de activos dos fundos de pensões e das empresas seguradoras, em Portugal. As principais fontes de informação utilizadas, neste trabalho, foram os registos históricos tanto das carteiras de investimento dos investidores institucionais, como dos principais tipos de activos, nomeadamente, acções, obrigações e imobiliário, e a elaboração de um questionário dirigido aos gestores das carteiras de activos dos referidos investidores. Constatando-se que, para os investidores institucionais em análise, a razão mais atractiva para o investimento no imobiliário se prende com a possibilidade de diversificação da carteira de activos, e que o maior risco é o da falta de liquidez, a opção de investimento mais consensual, é contudo em obrigações, visto que o peso da classe do investimento imobiliário é obtido através do modelo de Asset Liability Management (ALM), que traduz a gestão integrada de activos e passivos.
This work emerged in attempting to seek an answer to the following question: if real estate has higher returns for long term investment horizons, why does it represent such a small percentage in the total asset portfolios of institutional investors? Thus, this work will aim at the characterization of real estate investment in the assets portfolios of pension funds and insurance companies in Portugal. The main sources of information used in this work were historical records of the investment portfolios of institutional investors, as the main types of assets, including equities, bonds and real estate, and the development of a questionnaire, directed to the managers of portfolios of assets of such investors. Overall, this study allowed the following assumptions: for companies managing pension funds and insurance companies the most attractive reason to invest in real estate is due to the possibility of portfolio diversification of assets, while the greatest risk factor was its lack of liquidity. Besides these guidelines, it was also clear that the analysed investors are still choosing to invest a large part of their portfolio not in real estate assets, but in bonds, because the weight class of property investment is obtained through the model of Asset Liability Management (ALM), which reflects the integrated management of assets and liabilities
Descrição: Mestrado em Gestão e Avaliação Imobiliária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3164
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ISEG - Tese Mestrado - Bruno Fragoso.pdf2,79 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.