Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/3004
Título: O contributo dos blogues de street style para o sistema de moda
Autor: Sousa, Silvia Raquel Teixeira de
Orientador: Couto, Ana Cristina Bolota Valerio
Palavras-chave: Moda
Estilo
Tendências
Identidade
Cidade
Street style
Sistema convencional de moda
Novos suportes da comunicação
Internet
Logues
Fashion
Style
Traditional fashion system
Data de Defesa: Dez-2010
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Arquitectura
Citação: SOUSA, Silvia Raquel Teixeira de - O contributo dos blogues de street style para o sistema de moda. Lisboa : FAUTL, 2010. Tese de Mestrado
Resumo: A presente dissertação tem como objectivo estudar a relação entre o fenómeno do street style que é difundido nos blogues1 e outras comunidades virtuais e as tendências apresentadas pela imprensa tradicional de moda. Pretendemos perceber se existe alguma relação entre as tendências sazonais apresentadas nas revistas de moda e aquilo que estes novos suportes de comunicação divulgam, bem como se contribuem para o aumento da individualidade de estilos de vestir das comunidades urbanas. De que forma poderão estes suportes de comunicação, mais democráticos, imediatos e dinâmicos influenciar a orgânica estabelecida entre designers, imprensa e consumidores? Qual o contributo dos blogues de street style para a divulgação e consolidação da moda e quais as novidades que introduziram na forma como nos apresentamos, pensamos e vivenciamos a cidade. Com a Revolução Industrial e o crescimento rápido das cidades, evoluiu também a forma como as pessoas se relacionavam entre elas. Entre multidões de estranhos que se cruzavam fugazmente a aparência e o vestuário ganharam importância acrescida (Entwistle 2000). Hoje em dia, vários autores teóricos, bloguistas e fotógrafos de street style, bem como as pessoas que são fotografadas, celebram a cidade como cenário excitante onde tudo está a acontecer e novas ideias se desenvolvem. Ted Polhemus resume bem este espírito: “Hanging out. (…) Auspicious moments. The art of being at the right place at the right time. Just hanging around. Looking sharp. All dressed up and nowhere to go. Doing nothing in particular. v 1 Ver glossário. Making history.”2 (Polhemus, 1994, p.6) A roupa que vestimos e as formas de adorno são expressivas da nossa personalidade, dos nossos gostos e grupos de afinidade. Numa época de produção massiva e consumo massivo procuramos a diferenciação da multidão. Os grandes centros cosmopolitas constituem o palco ideal para a exibição de um estilo único e pessoal, ao invés de uma moda colectiva e indiferenciada. Esta investigação tem por objecto de estudo a estação Outono/ Inverno 2008/09, baseando-se na análise de imagens recolhidas de diversos blogues europeus de street style e posterior confronto com os trend reports das revistas de moda da mesma estação. Para esta investigação consideraram-se apenas as imagens de street style femininas. Da mesma forma, as revistas consultadas — Vogue e Elle — dizem respeito apenas a womenswear. Os resultados desta investigação serão de cariz qualitativo, recorrendo para tal, a metodologias de observação e estudos de caso. A validação das hipóteses será obtida através de recurso à opinião de perito, com entrevistas online. Não se pretende chegar a um consenso mas apenas obter as opiniões de outras fontes.
This dissertation intends to study the relations between the phenomenon of street style diffused through blogs and other virtual communities and the trends presented by the traditional fashion press. Our goal is to try to understand if there is some relation between seasonal trends shown in fashion magazines and what these new communication media diffuse, as well as if they contribute to the increase of individuality of dress styles in urban communities. How can these communication media, more democratic, immediate and dynamic influence the relations established between designers, press and consumers? How did street style blogs contribute to the spread and affirmation of this phenomenon and which are the news theyʼve introduced in the way we present ourselves, think and live the city. With the Industrial Revolution and fast growing cities, the ways in which people related to each other evolved. Among crowds of strangers that met briefly, appearance and clothing became ever more important. (Entwistle 2000). Currently, many theoretic authors, bloggers and street style photographers, as well as the people they photograph celebrate the city as an excitant set where everything is happening and new ideas are developed. Ted Polhemus expresses this idea accurately: “Hanging out. (…) Auspicious moments. The art of being at the right place at the right time. Just hanging around. Looking sharp. All dressed up and nowhere to go. Doing nothing in particular. Making history.” (Polhemus, 1994, p.6) The clothes we wear and adornment forms are expressive of our personality, of our tastes and affinity groups. In a time of mass production and mass consumption, we aspire to be differentiated from the crowds. Big vii cosmopolite cities are the ideal stage for the exhibition of a unique and personal style, instead of a collective and undifferentiated fashion. This investigation is focused on the Fall/Winter 20008/09 season, and based on the analysis of images collected from several European street style blogs to later compare them to the trend reports from fashion magazines corresponding of the same season. To this investigation we considered street style posts regarding women. Likewise, the magazines we researched — Vogue and Elle — are aimed at womenswear. The results from this investigation are qualitative, using methodologies of observation and case studies. The validation of the hypothesis will be obtained by expert opinion, with online interviews. We donʼt wish to achieve consensus but solely to obtain opinion from other sources.
Descrição: Tese de Mestrado em Design de Moda
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3004
Aparece nas colecções:DHTAUD - Teses de Mestrado / Master Thesis
BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
1ª parte dissertação.pdf122,65 kBAdobe PDFVer/Abrir
tese dissertação.pdf98,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.