Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2990
Título: O figurino na ficção cinematográfica. Adrian e Colleen Atwood. Design de figurinos
Autor: Conceição, Daniela Águas Campos da
Orientador: Figueiredo, Carlos Manuel de Almeida
Palavras-chave: Design de moda
Design de figurinos
Cinema de fantasia
Adrian
Colleen Arwood
Fashion design
Costume design
Fantasy cinema
Data de Defesa: Dez-2010
Editora: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Citação: CONCEIÇÃO, Daniela Águas Campos da - O figurino na ficção cinematográfica. Adrian e Colleen Atwood. Design de figurinos. Lisboa : FA, 2010. Tese de Mestrado
Resumo: O cinema e a moda sempre estiveram relacionados, são vários os criadores de moda que prestaram contributo para figurinos no cinema, assim como, os figurinistas que inspiraram tendências no mundo da moda. No entanto um designer de moda não é um figurinista, embora ambos lidem com vestuário operando de formas comparáveis, a finalidade é sempre para alcançar intenções e objectivos distintos e específicos. Interessa portanto apurar o papel do figurino nas suas condicionantes cinematográficas, para além daquelas que decorrem do design de moda e que condicionam o seu projecto. Os figurinos desempenham uma função muito importante na ficção cinematográfica, em conjunto com outros elementos que a compõem. Revela-se necessário entender como todos os elementos visuais e também psicológicos operam, para criar uma ligação entre o cinema e o figurino, de modo a analisar esse valor e contexto. Nos estudos de casos são analisados em particular o trabalho de dois importantes designers de figurinos para o cinema, Adrian e Colleen Atwood, numa análise pormenorizada de alguns dos filmes em que colaboraram. Ambos pertencem a períodos diferentes da história e possuem em comum, para além da profissão, terem sido os responsáveis por diversos filmes do género de fantasia. Adrian para The Wizard of Oz (1939) e Colleen Atwood na interpretação do imaginário, tão peculiar, do cineasta Tim Burton, nos figurinos de alguns filmes que projectou, todos do género fantástico. A escolha destes dois designers não foi arbitrária, pretendeu-se que fossem analisados figurinos pertencentes a relatos históricos diferentes no cinema, neste caso, o cinema clássico e o cinema contemporâneo, para que se possam analisar as componentes que o avanço histórico apresentou. Com esta investigação pretende-se, portanto, mostrar como o design de figurinos funciona no cinema, quais as suas ferramentas e metodologias e como se relaciona com as outras condicionantes e técnicas do universo cinematográfico. Procura-se o seu contributo para o resultado final na narrativa ficcional na construção de personagens, ambientes e emoções.
Cinema and fashion were always related so that several fashion designers provided contributions in the movies, as well as the costume designers who inspired trends in the fashion world. However, a fashion design is not the same as a costume designer, though both deals with clothing operating in comparable ways, the purpose is always to achieve distinct and specific aims and purpose. It is essential to determine the role of a costume in its film constraints other then those arising out of fashion design which condition their project. Costumes play a very important role in the cinematic fiction along with other elements that compose it. It is necessary to understand how all the visual elements and also psychological operate to create a connection between cinema and costume in order to analyze the value and context. In the case studies are analyzed in particular the work of two important designers of costumes for the film, Adrian and Colleen Atwood, in a detailed analysis of some of the films in which they collaborated. Both belong to different periods of history and have in common, beyond the profession, having been responsible for several films of the fantasy genre. Adrian for The Wizard of Oz (1939), directed by Victor Fleming, Colleen Atwood in the interpretation of the imagery, so peculiar, of the film director Tim Burton, in the costumes of some films she designed, all belonging to the fantasy genre. The choice of these two designers was not arbitrary, it was intended that would be analyzed costumes belonging to different historical accounts in the cinema, in this case, the classic and contemporary cinema, so we can examine the components that made the historic breakthrough. With this investigation is aimed, therefore, show how the design works in film costumes, what are their tools and methodologies and how they relate to other restrictions and techniques of film universe. It seeks to know its contribution to the final result in fictional narrative in the construction of characters, settings and emotions.
Descrição: Tese de Mestrado em Design de Moda
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2990
Aparece nas colecções:BFA - Teses de Mestrado / Master Thesis
DHTAUD - Teses de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tm_493.pdf11,34 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.