Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2791
Título: O manual escolar como objecto de design.
Autor: Carvalho, Maria da Graça Sarreira Pena
Orientador: Silva, Fernando Carneiro Moreira da
Palavras-chave: Avaliação
Design de comunicação
Manual escolar
Ensino básico, 2º ciclo
Portugal
Assessment
Communicative design
Second cicle of basic education
Textbook
Data de Defesa: 2010
Editora: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Citação: CARVALHO, Maria da Graça Sarreira Pena - O manual escolar como objecto de design.Lisboa : FA, 2010. Tese de Doutoramento
Resumo: O manual escolar é o recurso pedagógico mais utilizado por alunos e professores. A legislação recente extingue a sua avaliação pelos professores, introduzindo a avaliação e certificação anteriores à sua selecção. A investigação que tem originado foca-se, essencialmente, nos conteúdos programáticos, não existindo avaliações rigorosas sobre o modo como a informação é apresentada. Dada a relevância dos manuais escolares como suportes da aprendizagem, consideramos que o papel do Design é determinante para a sua qualidade e operacionalidade. Avaliar qualitativamente a forma comunicacional dos manuais escolares do 2º ciclo do ensino básico e conceber um conjunto de princípios gerais de Design Comunicacional para os mesmos, foram os objectivos deste estudo. A metodologia implementada foi de carácter misto, qualitativo e não-intervencionista, recorrendo à Crítica Literária, à Observação Directa, à Pesquisa por Inquérito e por Entrevista e à Auscultação de Peritos para validação dos resultados. A definição dos critérios de avaliação baseou-se em princípios pedagógicos e de clareza comunicacional, incidindo na apresentação física, organização da informação, paginação, legibilidade tipográfica, tipo, relevância e função pedagógicas da ilustração e rácio texto/imagem. Destacam-se alguns resultados, tais como a legibilidade dos textos principais, rácio texto/imagem desadequado; iconografia pedagogicamente pouco relevante; paginação com demasiada variedade de arranjos gráficos.
The school textbook is the teaching tool most commonly used by pupils and teachers. Recent legislation abolishes the traditional appraisal by teachers, replacing this with approval prior to selection. Research into textbooks concentrates essentially on subject matter rather than in-depth analysis of how the information is presented. Given the importance of the textbook as an aid to learning, we consider that Design plays a vital role regarding quality and usability. This study aims to make a qualitative assessment of the communicative design of textbooks for the second cycle of Basic Education and to devise a set of design principles. The methodology adopted was of a mixed nature, qualitative and non-interventionist, relying on Literary Criticism, Direct Observation, questionnaires, interviews and the sounding out of experts for validation of the results. Assessment criteria were defined according to pedagogic principles and communicative clarity, with emphasis on the physical presentation, organization of the information, layout, typographic legibility, typeface, the pedagogic function and relevance and the ratio of text to illustration. Certain results were significant, including the legibility of the main texts, inappropriate text/illustration ratio, pedagogically superfluous illustration, and page layout with a confusing range of graphics.
Descrição: Tese de Doutoramento em Design
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2791
Aparece nas colecções:DDCV - Teses de Doutoramento / Ph. D. Thesis
BFA - Teses de Doutoramento / Ph. D. Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese vol.1 CD.pdf9,77 MBAdobe PDFVer/Abrir
Tese vol.2 CD.pdf6,83 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.