Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2492
Título: A escola, a educação física e a promoção de estilos de vida activa e saudável : estudo de um caso
Outros títulos: The school, physical education and the promotion of healthy and active lifestyle : a case study
Autor: Marques, Adilson Passos da Costa
Orientador: Costa, Francisco Alberto Arruda Carreiro da
Palavras-chave: Actividade física
Alunos
Educação física
Escola
Estilos de vida
Saúde
Data de Defesa: 16-Nov-2010
Resumo: Objectivo: Conhecer o que a escola e a disciplina de Educação Física (EF) estão a fazer para promoverem estilos de vida activos e saudáveis. Caracterizar os alunos de acordo com a idade, género, participação nas actividades físicas e desportivas, atitudes face à escola, EF e actividades físicas e desportivas (AF), percepções de saúde, competência e imagem corporal, orientação dos objectivos e rotinas diárias. Caracterizar os pais dos alunos, professores e funcionários relativamente ao estilo de vida, as percepções sobre o valor, experiência passada e objectivos da Educação Física, estado de saúde e participação nas actividades física e desportivas. Metodologia: Participaram no estudo 827 alunos (407 rapazes e 420 raparigas, com idades entre os 12 e os 21 anos), 72 professores, 38 funcionários e 898 pais (419 pais e 479 mães). Os dados foram recolhidos através de questionários. Entrevistou-se o presidente do Conselho Executivo e analisou-se o Projecto Educativo de Escola para conhecer a política da escola relativa à promoção de estilos de vida activos e saudáveis. A actividade física providenciada nas aulas de Educação Física foi avaliada através de observação (SOFIT) e monitorização da frequência cardíaca (40 alunos foram observados e monitorizados durante 3 aulas). Resultados: Os níveis de AF relatados pelos alunos eram baixos, apenas 40% foram considerados activos. A maioria percorre o trajecto entre a casa e a escola com recurso ao transporte passivo. Concernente aos adultos, 10.2% dos pais, 20.9% dos professores e 13.2% dos funcionários foram considerados activos. As habilitações académicas dos pais parecem ter relação com o estilo de vida dos filhos. Observou-se uma relação entre a AF praticada pelos pais e a participação dos filhos. No Projecto Educativo de Escola não existia menção ao conceito de saúde e a escola não tinha nenhum programa para promover estilos de vida activos e saudáveis. Nas aulas de EF os alunos estiveram em actividade motora com intensidade moderada a vigorosa durante 58% do tempo de aula. Verificou-se uma relação entre as crenças dos professores e as suas práticas pedagógicas. Conclusões e recomendações: A EF cumpria os seus objectivos, providenciando aulas com intensidade moderada a vigorosa, transmitindo conhecimentos e contribuindo para o desenvolvimento e manutenção da aptidão física dos alunos. Para além da EF ainda existia o Desporto Escolar, onde os alunos poderiam praticar. Os níveis de AF dos alunos fora da escola foram considerados baixos. A escola deverá ter um projecto de promoção da saúde através da AF e estimular os professores e funcionários a participarem, passando a ser um exemplo para os alunos. Este projecto deve também visar os pais, porque a literatura mostra e verificou-se que existe uma relação entre a AF dos pais e dos filhos.
Objectives: The purposes of this ecological study were a) to characterize both the school climate and PE curriculum (planed and in action); b) to characterize students considering: age, gender, lifestyle, attitudes toward school and PE, health and competency perceptions, achievement goals, daily routines, perceptions of his/her parents and peers PA; c) to characterize parents’, teachers’, and employees’ lifestyle, their perceptions about both the value and aims of PE, perceptions about his/her health, past experience in PE, and about the amount of PA he/she performs. Methods: Participants were 827 students (407 boys and 420 girls, aged 12-21 years); 72 teachers from all subjects; 38 employees; and 898 parents (419 fathers, 479 mothers). Questionnaires were used to collect data from all participants. The school principal was interviewed to determine the school politics regarding the promotion of active lifestyles. The School Educative Project (SEP) was also analysed. The quantity and quality of PA in PE classes was determined by using heart rate monitors and the SOFIT (40 students were monitored and observed during 3 lessons). Results: Students’ overall PA was low, only 40% were considered active. The majority of the students said they commuted passively from home to school. Regarding adults,10.2% of parents, 20.9% of teachers and 13.2% of staff were classified as active. Parents’ academic background influences lifestyle. There was a closed relationship between parents’ and children’s lifestyle. The SEP made no mention of health or the importance of PA. Students have participated in MVPA during 58% of PE class time. There was a relationship between teachers’ belief systems and their teaching practices. Conclusions and recommendations: PE accomplished its aims, and may make a more significant contribution to regular PA participation if lessons are planned and delivered with MVPA goals in mind. At school, besides PE, students can participate in scholar sports. The students’ level of PA outside school was low. Because of that, an intervention program should focus mainly on educators (teachers and parents). The school must have a project to promote health-related fitness, to stimulate teachers and staff to be involved with PA, setting an example for students. This project must also reach parents, because literature shows a relationship between the PA of parents and children.
Descrição: Tese de doutoramento em Ciências da Educação na especialidade de Análise e Organização de Situações de Educação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2492
Aparece nas colecções:BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
AdilsonMarques_Tese integral.pdf1,93 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.