Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2395
Título: Inovação no Sector dos Serviços
Autor: Silva, Águeda Isabel Mendes da
Orientador: Caraça, João
Data de Defesa: Jul-2010
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Silva, Águeda Isabel Mendes da. 2010. "Inovação no Sector dos Serviços". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: O objecto desta dissertação cujo título é "Inovação no sector dos serviços" é estudar a aplicação do conceito de inovação neste sector. A ideia surgiu porque é comum ouvir¬mos dizer que "os serviços não inovam...". Contudo, isto não é verdade. Com a difusão das tecnologias de informação e comunicação, na década de 80, o sector dos serviços começou a ganhar importância e na segunda metade dos anos 90 começaram a surgir muitos trabalhos sobre inovação no sector dos serviços. Hoje em dia já se começa a aceitar que o sector dos serviços é inovador, embora as inovações apresentem, em geral, um carácter menos tecnológico quando comparado com o que se observa na indústria. Assim, fez-se uma análise da evolução e da importância do sector dos serviços para a economia actual, sendo que este tem uma contribuição importante para o crescimento do emprego e da produtividade. Pelas suas características, diferentes do sector da indústria, nomeadamente o facto de ser um bem imaterial, que é criado pelo impulso dado pelo cliente, o sector dos serviços tem um forte potencial de inovação, não só pela ligação que é efectivada com o cliente, pela forma de organização e distribuição do serviço, pelas opções tecnológicas disponíveis para melhorar o desenvolvimento de novos ou melhorados serviços. De seguida fez-se um estudo das teorias de inovação existentes e dos factores que provocam a mudança e originam inovações e dos modelos de inovação, que tem como objectivo descrever as ligações existentes entre os vários intervenientes no processo de inovação da empresa. A este nível o modelo que foi usado no caso prático e que se aplica especificamente ao sector dos serviços foi o modelo de den Hertog. As inovações no sector dos serviços são menos baseadas em actividades de I&D e mais baseadas em actividades criativas; verifica-se mais o desenvolvimento de inovações não-tecnológicas do que inovações tecnológicas; e encontram-se os 4 tipos de inovação definidos pelo Manual de Oslo (produto, processo, marketing e organizacional). Os factores que mais influenciam o processo de inovação são factores económicos, embora as competências dos recursos humanos e a informação (tecnológica e de mercado) também sejam factores importantes. Fez-se ainda uma comparação entre o grau de inovação das empresas na Europa, nos EUA e no Japão, sendo que as empresas de serviços na Europa inovam menos que nos EUA mas mais que no Japão. De seguida fez-se a análise da inovação numa empresa de serviços, onde se mediu o grau de inovação através da aplicação do Innovation Scoring, concluindo que as empresas do sector de serviços inovam, embora nem sempre o demonstrem ou sequer se apercebam disso. Finalmente, após a conclusão de que efectivamente o sector dos serviços é um sector inovador, esperando-se que este grau de inovação continue a crescer, teceram-se algumas considerações finais, nomeadamente, em termos de trabalhos futuros para melhorar o sistema de métricas de inovação de modo a contemplar este sector e em termos de políticas públicas e instrumentos de financiamento de modo a incentivar a inovação neste sector.
Descrição: Mestrado Economia e Gestão de Ciência Tecnologia e Inovação
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2395
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_InovacaoServicos.pdf533,09 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.