UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2392

Título: Cooperação descentralizada Príncipe - Portugal: eficiência da existência de redes de cooperação
Autor: Barreira, Ana Maria Luciano
Orientador: Ferreira, Manuel Ennes
Palavras-chave: Cooperação Descentralizada
Cooperação Intermunicipal
Geminação
Rede de Cooperação
Sociedade em Rede
Região Autónoma do Príncipe
Decentralized Cooperation
Intermunicipal Cooperation
Twinning
Network Cooperation
Network Society
Autonomous Region of Príncipe
Issue Date: May-2010
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Barreira, Ana Maria Luciano. 2010. "Cooperação descentralizada Príncipe - Portugal: eficiência da existência de redes de cooperação". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: A Cooperação Descentralizada surge num contexto em que existe um conjunto vasto de novos actores que participam e contribuem activamente para a Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, a par da acção dos Estados e Organismos Internacionais. A Cooperação Intermunicipal é uma forma de Cooperação Descentralizada, que pressupõe o estabelecimento de relações entre duas ou mais comunidades, em que os actores determinantes nestas relações são, geralmente, os Municípios. A Cooperação Intermunicipal pode assumir várias formas: geminações, protocolos/acordos de colaboração/cooperação e redes. Num contexto de Globalização, as relações que se estabelecem entre os vários actores são cada vez mais complexas e criam formas inovadoras de Cooperação Descentralizada, numa perspectiva de parceria e desenvolvimento integrado. Tendo em conta estes novos relacionamentos a uma escala intercontinental e global, que dão origem, cada vez mais, a uma Sociedade em Rede, os actores tendem a ligar-se em Redes de Cooperação. A Região Autónoma do Príncipe está geminada com seis autarquias portuguesas desde 1988. No entanto, apesar destes 21 anos de Cooperação Intermunicipal, verificamos que o Príncipe ainda sofre de dupla insularidade e de vários constrangimentos sócio-económicos incompatíveis com os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio. É necessário procurar soluções conjuntas para o Desenvolvimento Sustentável do Príncipe. Através de um inquérito realizado no Príncipe e em Portugal pretendeu-se aferir sobre: a caracterização de cada geminação, o envolvimento da Sociedade Civil na cooperação com o Príncipe, os impactos locais em Portugal e no Príncipe das acções de cooperação e a opinião dos vários actores sobre um projecto conjunto - Rede de Cooperação - que envolveria todos os intervenientes que promovem acções de Cooperação Intermunicipal Portugal - Príncipe. Pretendemos demonstrar que a implementação de uma Rede de Cooperação entre Portugal - Príncipe seria mais eficiente: criaria sinergias, relações inovadoras e acções dinâmicas que permitiriam uma cooperação e uma canalização de recursos mais eficazes.
Decentralized Cooperation arises in a context where there is a wide range of new actors who participate and contribute actively to International Cooperation for Development together with the action of States and International Organizations. Intermunicipal Cooperation is a form of Decentralized Cooperation, which presupposes the establishment of relationships between two or more communities, in which the actors determining these relationships are usually the Municipal Councils. Intermunicipal Cooperation can take many forms: twinning, protocols/agreements of collaboration/cooperation and networks. In a context of Globalization, the relationships established between various actors are increasingly complexes and create innovative forms of Decentralized Cooperation, in terms of partnership and integrated development. Given these new relationships on an intercontinental and global scale, given rise, increasingly, to a Network Society, the actors tend to connect to Networks of Cooperation. The Autonomous Region of Príncipe is twinned with six Portuguese Municipal Councils since 1988. However, despite these 21 years of Intermunicipal Cooperation, we find that Príncipe still suffers of a double insularity and various socio-economic constraints incompatible with the Millennium Development Goals. It's necessary to look for joint solutions to the Sustainable Development of Príncipe. Through an inquest conducted in Príncipe and Portugal aimed to asses on: characterization of each twinning, the involvement of Civil Society in cooperation with Príncipe, the local impacts on Portugal and Príncipe of the cooperation's actions and feedback from the various stakeholders on a joint project -Cooperation Network - involving all stakeholders that promote actions of Intermunicipal Cooperation Portugal - Príncipe. We intend to demonstrate that the implementation of a Cooperation Network between Portugal - Príncipe would be more efficient: would create synergies, innovative relationships and dynamic actions than could lead to a more effective cooperation and resource channeling.
Descrição: Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2392
Appears in Collections:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_anabarreira_FINAL_Versão_Definitiva.pdf6,41 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia