Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2297
Título: Empresas de Seguros Portuguesas : Análise do Risco de Liquidez nas Carteiras de Investimentos
Autor: Sousa, Hugo Miguel Jesus Veiga de
Orientador: Gaspar, Raquel M.
Palavras-chave: Risco de Liquidez
Risco de Mercado
Solvência II
Seguradoras
Liquidity Risk
Market Risk
Solvency II
Insurance Undertakings
Data de Defesa: Jul-2010
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Sousa, Hugo Miguel Jesus Veiga de. 2010. "Empresas de Seguros Portuguesas : Análise do Risco de Liquidez nas Carteiras de Investimentos". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: O regime de Solvência II introduz uma visão holística e integrada dos riscos, considerando todas as particularidades que podem afectar a estabilidade financeira das Empresas de Seguros, e consequentemente, a capacidade para assegurar o cumprimento das responsabilidades assumidas para com os tomadores de seguros. O risco de liquidez é relevado apenas enquanto requisito qualitativo ao nível do Pilar II, estando enquadrado no âmbito do processo de auto-avaliação do risco e solvência (ORSA) e do processo de revisão de supervisão (SRP). A recente crise financeira demonstrou a necessidade de uma revisão nos pressupostos assumidos sobre determinados riscos, onde se inclui o risco de liquidez, visando uma melhoria na calibragem da fórmula de cálculo do requisito de capital de solvência. O presente estudo, numa primeira fase, mensura quantitativamente o risco de liquidez das carteiras de activos das Empresa de Seguros supervisionadas pelo Instituto de Seguros de Portugal, e demonstra que este risco é uma componente relevante no risco de mercado. Consequentemente, entende-se que deveria ser ponderada a absorção deste risco ao nível do Pilar I, como requisito quantitativo de capital inerente ao risco de mercado, incluindo-o na fórmula de cálculo deste risco. Numa segunda fase, estudou-se os determinantes do risco de liquidez da carteira obrigacionista analisada, tendo-se concluído que quanto maior a maturidade, a volatilidade, a exposição ao sector financeiro, à dívida subordinada e a produtos estruturados maior será o risco de liquidez. Ao invés, verificou-se que uma notação de rating melhor e um valor do cupão superior mitigam o risco de liquidez.
Solvency II is a new regime that introduces a holistic and risk oriented view, considering all the particularities that may disrupt the financial stability of the Insurance Undertakings, and as a consequence the ability to meet the responsibilities with the policyholders. Solvency II deals with Liquidity risk in Pillar II as a non quantifiable risk, both through the Own Risk and Solvency capital Assessment (ORSA) and Supervisory Review Process (SRP). The recent turmoil has demonstrated that the assumptions about some of the risks need to be reviewed, including the liquidity risk, in order to improve the calibration of the solvency capital requirement standard formula. First, this study measures quantitatively the liquidity risk on the investment portfolios of the Portuguese Insurance Undertakings under the supervision of the Instituto de Seguros de Portugal, and demonstrates that this risk is a relevant component of the market risk. Consequently, the liquidity risk should also be considered in Pillar I, as a quantitative capital requirement inherent to market risk, included in the market risk module standard formula. Secondly, this work analyses the determinants of the liquidity risk on the fixed income portfolio analyzed and concludes that longer maturities, high volatilities and high exposures to financial sector, subordinated debt and structured products increase liquidity risk. On the other hand, better rating notations and higher coupon values mitigate the liquidity risk.
Descrição: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2297
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Hugo_Sousa.pdf5,81 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.