Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2251
Título: Modelo Sócio-económico da Venezuela Contemporânea: Ortodoxias versus Heterodoxias
Autor: Nunes, Natacha Carmen Santana
Orientador: Gómez Olivares, Mário
Palavras-chave: bolivarianismo
desenvolvimento endógeno
(des)igualdade social
especialização petrolífera
heterogeneidade estrutural
intervenção do Estado
bolivarianism
endogenous development
oil specialization
social (in)equality
State intervention
structural heterogeneity
Data de Defesa: Mai-2010
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Nunes, Natacha Carmen Santana. 2010. "Modelo Sócio-económico da Venezuela Contemporânea: Ortodoxias versus Heterodoxias". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: Pretende-se examinar o actual modelo sócio-económico venezuelano salientando o carácter anormativo da sua proposta no contexto da ordem económica e geo-política dos inícios do século XXI. Investiga-se a natureza e a dimensão dos resultados que as opções de política económica e política social aplicadas pelo novo modelo produziram em termos de (des)estabilização económica e (des)igualdade social, através da análise da estrutura produtiva, dos indicadores macroeconómicos e dos indicadores sócio-económicos. Inquere-se a medida em que as políticas públicas obradas promoveram não só o crescimento, mas também o desenvolvimento económico, sublinhando-se as hipóteses de sustentabilidade do crescimento e frisando-se a especificidade do conceito de desenvolvimento endógeno perfilhado e aplicado pelo país. Salienta-se o impacte que a especialização petrolífera e a heterogeneidade estrutural, patentes durante o século XX, produziram no devir da economia nacional e indaga-se da eventualidade de superação dessas ocorrências mercê das metamorfoses sucedidas durante a última década.
Intends to examine the current socio-economic model of Venezuela highlighting the nonstandard nature of its proposal in the context of the economic and geo-politics of the early 21st century. Investigates the nature and extent of the economic policy options and social policy options applied by the new model produced in terms of economic (de)stabilization and social (in)equality, through the analysis of productive structure, macroeconomic indicators and socio-economic indicators. Inquires the extent to which public policies have promoted not only the growth, but also the economic development, stressing the sustainability of growth assumptions and emphasizing the specificity of the concept of endogenous development adopted and applied by the country. Emphasizes the impact that the oil expertise and structural heterogeneity, evident during the twentieth century, produced in the evolution of the national economy and looks into the possibility of overcoming these occurrences overdue to the metamorphosis that took place over the last decade.
Descrição: Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2251
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
I.pdfCapa46,7 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
II.pdfResumo/Abstract67,56 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
III.pdfDissertação845,79 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.