Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2226
Título: Educação, Formação e Empregabilidade como requisitos da Flexigurança
Autor: Pelicano, Paulo Alexandre da Cunha Nogueira
Orientador: Lopes, Margarida Chagas
Palavras-chave: Educação
formação
flexigurança
flexibilidade
segurança
emprego
desemprego
Education
training
flexicurity
flexibility
security
unemployment
Data de Defesa: Jun-2010
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Pelicano, Paulo Alexandre da Cunha Nogueira. 2010. "Educação, Formação e Empregabilidade como requisitos da Flexigurança". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Resumo: Nesta dissertação propomo-nos efectuar um estudo no âmbito da Sociologia Económica, com grande componente de Economia da Educação que permita proceder à comparação de três países relativamente à estratégia de flexigurança. Os países objecto de estudo e de comparação com Portugal face àquela estratégia são a Dinamarca e a Espanha por razões que indicaremos ao longo do trabalho. Para tal, dividimos este trabalho em duas partes. Na primeira procuramos desenvolver conceitos teórico-conceptuais que estabeleçam uma ligação entre a problemática da educação e a flexigurança servindo-nos da teoria do capital humano e do ciclo de vida como base de suporte. Na segunda parte, a da investigação empírica, desenvolvemos uma abordagem sistemática em três vertentes: educação/formação, emprego/desemprego e politicas do mercado de trabalho, à luz da qual procuramos comparar, para os três países, o estado dos pré-requisitos fundamentais para a implementação da flexigurança.
This dissertation proposes to undertake a study in Economic Sociology, with a large component of the field of Economics of education which would allow the comparison among three countries on the flexicurity strategy. The countries under study and comparison with Portugal against this strategy are Denmark and Spain for reasons we will indicate throughout the dissertation. To this end, we divide this work into two parts: in the first one we develop a systematic approach in three areas: education / training, employment / unemployment and policies of the labor market. We seek to develop theoretical and conceptual concepts that establish a link between the problems of education, training and flexicurity in the framework of human capital and life cycle theories. In the second part we carry em pirical research throughout comparisons between the three countries, reported to the data of the implementation of flexicurity (Denmark) and to the more recent ones in which debate on flexicurity and policy making proposals seemed to be at the outmost (Portugal and Spain). Likewise we use key indicators on education and training, on employment and unemployment and we also review some of the labour market policies that are most requested by flexicurity.
Descrição: Mestrado em Sociologia Económica e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2226
Aparece nas colecções:BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
DCS - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MSEO - Educação, Formação e Empregabilidade como requisitos da Flexigurança.pdf1,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.