Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2206
Título: Persistência do canal arterial: revisão bibliográfica e estudo retrospectivo de 26 casos clínicos
Autor: Silva, Natalina Gonçalves
Orientador: Luis, José Paulo Pacheco de Sales
Palavras-chave: Malformações cardíacas congénitas
Persistência do canal arterial
Canídeos
Congenital heart disease
Patent ductus arteriosus
Dogs
Data de Defesa: 2010
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Silva, N.G. (2010). Persistência do canal arterial: revisão bibliográfica e estudo retrospectivo de 26 casos clínicos. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A persistência do canal arterial (PCA) tem sido a terceira Malformação Cardíaca Congénita mais prevalente no Instituto Veterinário do Parque (IVP) (15,3%), sendo a primeira a estenose da aorta (41,8%), seguida da estenose da pulmonar (17,6%). Define-se pela falha no encerramento pós-natal do canal arterial, uma estrutura embrionária que liga a aorta à artéria pulmonar e serve de bypass à circulação pulmonar fetal não funcional. O motivo desta falha no encerramento não é totalmente compreendido, mas pensa-se que será devida a alteração na morfologia da parede do canal, com diminuição da massa muscular e aumento do tecido elástico. O facto de haver predisposição rácica para a PCA justifica a forte hipótese genética, baseada num modelo multifactorial poligénico, na etiologia destas alterações ao nível da parede do canal. A PCA, inicialmente, leva a sobrecarga da circulação pulmonar, pelo shunt da aorta para a artéria pulmonar, e do átrio e ventrículo esquerdos, com dilatação destes (PCA comum). A sobrecarga de fluxo ao nível da circulação pulmonar leva à formação de lesões plexiformes irreversíveis, com aumento da resistência pulmonar e inversão do shunt (PCA invertida). Assim, o diagnóstico precoce, antes da inversão do shunt, é muito importante para o sucesso na correcção da PCA. O diagnóstico é baseado na história, sinais clínicos (apesar de em muitos casos os animais se apresentarem assintomáticos), exame físico e exames complementares tais como: radiografia, electrocardiografia, ecocardiografia e por vezes angiografia. A presença de um sopro contínuo, à auscultação cardíaca, é o sinal mais patognomónico de PCA comum. A ecocardiografia Doppler permite chegar ao diagnóstico definitivo, pela detecção de fluxo turbulento ao nível da aorta e artéria pulmonar. A correcção cirúrgica, por ligação do canal, ou a utilização de dispositivos de oclusão, por transcateterização, dão taxas de sucesso elevadas, na resolução de PCA comum. Durante os últimos 21 anos, foram diagnosticados 26 casos de PCA em cães (20 PCA comuns e 6 PCA invertidas), no IVP, sendo a prevalência em fêmeas 1,4 vezes maior do que em machos. As raças mais prevalentes foram a Labrador Retriever (6), Pastor Alemão (6), Caniche (2), Bichon Maltês (2) e Boxer (2). 17 dos animais foram sujeitos a cirurgia de ligação do canal, resultando numa taxa de sucesso de 76,5%. As complicações observadas foram a ruptura do canal arterial e assistolia ventricular, com morte de 3 animais intracirurgicamente.
ABSTRACT - Patent Ductus Arteriosus: Bibliographic Review and Retrospective Study of 26 Clinical Cases - Patent ductus arteriosus (PDA) has been the third most frequent congenital heart disease in dogs (15,3%), at Instituto Veterinário do Parque (IVP). The most common congenital cardiac disease is aortic stenosis (41,8%) followed by pulmonary stenosis (17,6%). PDA is defined as the failure, after birth, of ductus arteriosus closure, which is an embryonic structure that connects aorta to pulmonary artery, serving as bypass to the nonfunctional pulmonary circulation. Its cause is not completely understood, but it is thought to be related with an abnormality in the ductus wall which has less muscular tissue and more elastic tissue than in the normal situation. Breed predisposition for PDA provides support for the suspected genetic hypothesis, which would be based in a multifactorial model, in the aetiology of those ductus wall abnormalities. Initially, the shunt from the aorta to the pulmonary artery results in an overloaded pulmonary circulation and left heart enlargement (common PDA). The overload in the pulmonary circulation leads to formation of irreversible plexiform lesions, with an increase in pulmonary resistance and reversion of the shunt (reversed PDA). Therefore, early diagnosis, before shunt reversion, is very important for successful PDA correction. The diagnosis is based on the clinical history and signs (although in many cases the animal is asymptomatic), physical exam and complementary exams such as: radiography, electrocardiography, echocardiography and sometimes angiography. The presence of a continuous murmur is the pathognomonic sign of PDA. Color-flow Doppler allows the definitive diagnosis, by detecting turbulent flow between the aorta and the pulmonary arteries. Surgical correction - by ductus ligation - or the use of occlusion devices, by way of transcatheterization techniques, have considerable successful rates in left-to-right PDA resolution. During the last 21 years, at IVP, 26 cases of PDA were diagnosed in dogs (20 common PDA and 6 reversed PDA). There was a prevalence in females 1,4 times higher than in males and the most frequently affected breeds were Labrador Retriever (6), German Shepherd Dog (6), Poodle (2), Maltese (2) and Boxer (2). 17 of those dogs were submitted to ductus ligation surgery, with a successful rate of 76,5%. Complications such as ductus rupture and ventricular asystolia were present and 3 patients died during surgery
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2206
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Persistência Do Canal Arterial.pdf3,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.