Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/2179
Título: Arrhythmogenic right ventricular cardiomyopathy in boxer dogs: retrospective study (6 cases)
Autor: Bota, Doroteia Isabel Viegas Filipe
Orientador: Koffas, Babis
Vilela, Ana Cristina Gaspar Nunes Lobo
Palavras-chave: Boxer
ARVC
Ventricular tachyarrhythmias
Syncope
Sudden death
Boxers
CAVD
Taquiarritmias ventriculares
Síncope
Morte súbita
Data de Defesa: 30-Out-2009
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Bota, D.I.V.F. (2009). Arrhythmogenic right ventricular cardiomyopathy in boxer dogs: retrospective study (6 cases). Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: Arrhythmogenic right ventricle cardiomyopathy (ARVC) is recognized in Boxers, cats and humans, is characterized clinically by ventricular tachyarrhythmias and histopathologically by fibrofatty replacement, mostly of the right ventricle. Affected dogs may have syncope, exercise intolerance or heart failure associated signs. ARVC is an inherited adult onset disorder that can lead to sudden death which can also be the first and single clinical sign. Ventricular premature complexes (VPC’s) with left bundle branch block morphology on the electrocardiogram (ECG) are typical for the disease. These VPCs can occur singly, in pairs, triplets or runs of ventricular tachycardia (VT). Routine ECG can be insensitive for the detection of ventricular arrhythmias when compared with a 24 hour Holter study. The antiarrhythmic drugs most commonly used are sotalol or mexiletine-atenolol association. A 24 hour Holter study should be repeated in order to evaluate the efficacy of treatment or detect a proarrhythmic effect. In this study, 4 out of 6 animals (66,6%) died suddenly, however owners refer an improvement in the animal’s quality of life once the treatment is initiated. The prognosis of this disease is guarded due to sudden death risk or heart failure development.
RESUMO - Cardiomiopatia Arritmogénica do Ventrículo Direito em Boxers – Estudo Retrospectivo (6 Casos) - A cardiomiopatia arritmogénica do ventrículo direito (CAVD) é uma patologia reconhecida em cães de raça Boxer, gatos e humanos, caracterizada clinicamente por taquiarritmias ventriculares e histopatologicamente por substituição fibro-adiposa, sobretudo do ventrículo direito. Os cães afectados podem apresentar síncope, intolerância ao exercício ou sinais associados a insuficiência cardíaca. CAVD é uma patologia hereditária do adulto com risco de morte súbita, que pode ser a primeira e única manifestação clínica da doença. Complexos ventriculares prematuros (CVP) com morfologia de bloqueio de ramo esquerdo são achados típicos da doença no electrocardiograma (ECG). Estes CVP podem ocorrer singularmente, em pares, em grupos de três ou em runs de taquicardia ventricular. Um ECG de rotina pode ser insensível na detecção das arritmias que normalmente são mais evidentes num estudo Holter de 24 horas. Os antiarritmicos mais frequentemente utilizados são o sotalol ou a associação mexiletinaatenolol. Para se avaliar a eficácia do tratamento e detectar um eventual efeito pro-arrítmico, um segundo Holter deve ser realizado. Neste estudo, 4 dos 6 animais (66,6%) morreram subitamente, porém, segundo os proprietários a qualidade de vida do animal melhorou com o tratamento. O prognóstico desta doença é reservado devido ao risco de morte súbita ou desenvolvimento de insuficiência cardíaca.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2179
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Arrhythmogenic right ventricular cardiomyopathy in Boxer dogs – retrospective study.pdf2,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.