Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1980
Título: Comportamento agronómico e enológico das castas Touriga Nacional e Syrah em seis regiões portuguesas
Autor: Fernandes, Paula Alexandra de Carvalho
Orientador: Castro, Rogério Albino Neves
Silva, Jorge Manuel Ricardo
Palavras-chave: Touriga Nacional
Syrah
grapevine
vitiviniculture regions
chemical analysis
sensorial characteristics
videira
regiões vitivinicolas
análise química
análise sensorial
Data de Defesa: 2009
Resumo: The main objective of this study was to compare the agronomic and oenological performance of two varieties, Touriga Nacional and Syrah, in six regions of the country: Vinhos Verdes (Lousada), Dão (Carregal do Sal), Lisboa (Lisboa and Leiria) and Alentejo (Cabeção and Vidigueira) during the growing season of 2008. In each vineyard, phenologic stages monitoring were done throughout the growing season and after the veraison, weekly berry data samples were collected for ripening characterization. It was defined that the harvest should take place, when the Probable Alcoholic Content (PAC) reached around 13/13,5º. The yield parameters and the quality parameters for both grapes varieties are different from region to region. In the case of Touriga Nacional the highest values were recorded on the north regions of Tejo river. The Syrah behavior was different, registering the highest values south of Vinhos Verdes region. After malolactic fermentation and tartaric stabilization, wines phenolic composition was analyzed and sensory analysis performed to all the wines. There were significant differences in the various wine regions, however the differences were most significant in the berries itself.---------------------------------------Este estudo teve como principal objectivo a comparação do comportamento agronómico e enológico de duas castas, a Touriga Nacional e a Syrah, em seis regiões do país: Vinhos Verdes (Lousada), Dão (Carregal do Sal), Lisboa (Leiria e Lisboa) e Alentejo (Cabeção e Vidigueira), durante o ciclo vegetativo de 2008. Ao longo do ciclo vegetativo foi acompanhada a fenologia e, após o pintor, foram colhidas amostras semanais de bagos para a caracterização da cinética da maturação. A vindima foi realizada quando o teor alcoólico provável (TAP) atingiu os 13 /13,5º. Os parâmetros que definem o rendimento variaram bastante em ambas as castas e de região para região, assim como os parâmetros da análise da qualidade dos bagos e mostos, que no caso da Touriga Nacional registaram os maiores valores nas regiões a Norte do rio Tejo, sendo que para a casta Syrah o comportamento foi distinto, registando-se os maiores valores a Sul da região dos Vinhos Verdes. Após a fermentação maloláctica e a estabilização tartárica foram analisados alguns parâmetros da composição fenólica e foi realizada a análise sensorial de todos os vinhos, na qual foram verificadas diferenças significativas nos vinhos das várias parcelas, diferenças essas que foram mais significativas nos bagos.
Descrição: Mestrado em Viticultura e Enologia - Instituto Superior de Agronomia / Faculdade de Ciências da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1980
Aparece nas colecções:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2009 Resumo da Dissertação Mestrado de Paula Fernandes.pdf.pdfResumos18,72 kBAdobe PDFVer/Abrir
2009 Dissertação Mestrado de Paula Fernandes.pdfDissertação1,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.