UTL Repository >
ISA - Instituto Superior de Agronomia >
BISA - Biblioteca do Instituto Superior de Agronomia / Library >
BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1971

Título: Influência da enxertia herbácea no vigor, produtividade e hábitos de frutificação da framboesa vermelha (Rubus idaeus)
Outros títulos: The influence of herbaceous grafting on vigour, productivity and friting habits of red raspberry (Rubus idaeus)
Autor: Santos, Maria Margarida Viegas Louro Oliveira
Orientador: Oliveira, Cristina Moniz
Palavras-chave: Rubus idaeus
cleft graft
pin grafting
chip budding
fructification habits
vigour
framboesa
fenda cheia
hábitos de frutificação
Issue Date: 2009
Resumo: Aiming to increase the productivity in red raspberry (Rubus idaeus L.) the effect of grafting in vigour, productivity and fruiting habits of several grafting combinations of raspberry cultivars was evaluated. Two trials comparing several herbaceous grafting combinations between different raspberry cultivars were established. The trials took place in spring and in summer, in protected culture, and cleft graft, "chip budding" and "pin grafting" were the grafting techniques used. The influence of these grafting techniques in vigour, productivity and fruiting habits was analysed. In the spring trial, the use of ‘Erika’ as a vigorous rootstock led to an increase in production of the graft 'Polka'. The cleft graft has proved not to be an efficient technique, with a survival rate in spring and in summer of 21.4% and 15.4%, respectively. In the summer’s trial, "chip budding” had the highest survival rate, 33.3%, whereas the "pin grafting" resulted in 19.1% of survived plants. The productivity of 'Polka' was not affected by the rootstock in this season. 'Glen Lyon' grafted plants flowered, regardless the rootstock used, the opposite occurred in the control ungrafted plants.------------------------------------------A ausência de linhas de melhoramento em cultivares de framboesa (Rubus idaeus L.) adaptadas ao clima do Sul da Europa e a dificuldade em se conseguir com uma única cultivar uma combinação produtividade/qualidade, conduziu a que se investigasse o efeito da enxertia entre cultivares de framboesa na alteração do vigor, produtividade e nos hábitos de frutificação. Realizaram-se dois ensaios de enxertia herbácea como método de combinação de características produtivas entre diferentes cultivares de framboesa. Os ensaios decorreram na Primavera e no Verão, em cultura protegida, tendo sido utilizadas como técnicas de enxertia a fenda cheia, o “chip budding” e o “pin grafting”. No ensaio de Primavera, a utilização da cultivar Erika como porta-enxerto permitiu aumentar a produção do enxerto de ‘Polka’. A enxertia de fenda cheia revelouse uma técnica pouco eficaz, com uma taxa de sobrevivência de 21,4% na Primavera e 15,4% no Verão. Na enxertia de Verão, o “chip budding” apresentou a maior taxa de sobrevivência 33,3%, tendo a enxertia de “pin grafting” apresentado uma taxa de 19,1%. A produtividade da ‘Polka’ não foi afectada pela cultivar usada como portaenxerto. Na ‘Glen Lyon’ foi possível obter floração, independentemente do porta-enxerto, ao contrário do verificado no controlo (planta não enxertada).
Descrição: Mestrado em Engenharia Agronómica - Hortofruticultura e Viticultura - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1971
Appears in Collections:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertacao_mestrado.pdf2,39 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia