Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1926
Título: Análise de características da cortiça amadia relevantes para a sua qualidade industrial
Autor: Vieira, Henrique Duarte
Orientador: Graça, José Afonso
Palavras-chave: Quercus suber
cork
image analysis
cork porosity
cork classification
cork quality
cortiça
análise de imagem
porosidade da cortiça
classificação da cortiça
qualidade da cortiça
Data de Defesa: 2009
Resumo: In this work it was studied the quality of cork from the industrial point of view. A group of cork planks was boiled during one hour, and it resulted in an average thickness increase of 12,5%. It was studied the morphology of the main defects that cork generally presents, as the “nail” and lenticular chanels. Porosity was measured by means of an image analysis software, first considering only pores larger than 300 pixels (1,15mm2) and then considering pores larger than 1000 pixels (3,84mm2). Porosity measurement of corks with higher quality showed to be more affected by the minimum area considered as a pore. It was tried to find a relation between porosity in tangencial and non-tangencial sections, for each one of the following minimum pore areas: 200, 400, 600, 800 and 1000 pixels. No significant correlation was found. Nevertheless, the best correlation results were obtained when the porosity coefficient in non-tangencial section was ploted against the pores average area in tangencial section. It was also created an expression with the objective to quantify cork quality in terms of its porosity coefficient, pores average area and pores frequency. ---------------------------------------------Neste trabalho procurou-se estudar a qualidade da cortiça do ponto de vista industrial. Cozeu-se um conjunto de cortiças, donde resultou um aumento médio em espessura de 12,5%. Estudou-se a morfologia dos principais defeitos das cortiças, nomeadamente o “prego” e os canais lenticulares. Mediu-se a porosidade das cortiças cozidas com recurso a um software de análise de imagem considerando apenas os poros de área superior a 300 pixeis (1,15mm2) e de seguida considerando apenas os poros de área superior a 1000 pixeis (3,84mm2). As cortiças de melhor qualidade foram as mais afectadas pela alteração da área mínima detectável. Procurou-se encontrar uma relação entre a porosidade nos planos tangencial e não-tangencial, quando a área mínima detectável dos poros foi 200, 400, 600, 800 e 1000 pixeis. A correlação entre aquelas variáveis mostrou-se ser muito baixa para qualquer um dos crivos utilizados. No entanto, a relação entre o coeficiente de porosidade na secção não-tangencial e a área média dos poros na secção tangencial foi a que apresentou os melhores valores de R2. Também foi criado um algoritmo que pretende quantificar a qualidade da cortiça em termos do coeficiente de porosidade, área média dos poros e frequência dos poros.
Descrição: Mestrado em Engenharia Florestal e dos Recursos Naturais - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1926
Aparece nas colecções:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Análise de Características da Cortiça Amadia Relevantes para a sua Qualidade Industrial.pdf2,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.