Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1895
Título: Inulina como agente encapsulante de compostos bioactivos
Autor: Barreiros, Andreia Cristina Black Viegas
Orientador: Januário, Maria Isabel Nunes
Barros, Sara Beirão da Costa Teixeira
Palavras-chave: inulin
fructo-oligosaccharides
encapsulation
essential oregano oil
spray-drying
freeze-drying
inulina
encapsulamento
óleo essencial de oregão
atomização
liofilização
Data de Defesa: 2009
Resumo: Inulin and fructo-oligosaccharides are prebiotic compounds and, for that reason, the growing interest in these natural constituents has been increasing in the last decade, raising the attention of food industry. On the other hand, their properties, namely the ability of capsule formation, allow their use as encapsulation material. This thesis was to study inulin as an encapsulating matrix of bioactive compounds, for what there were used drying processes by spray-drying and freeze-drying. The tests done have shown that the atomization process is the most efficient in the formation of inulin capsules. The size of the particles formed, ranged between 3 and 5 μm, and it was observed that their size decreases as the polymerization degree increases. So, to optimize the particles’ size and other characteristics, there were tested different drying conditions, and so it was done an inulin matrix. The concentration of soluble solids and the drying temperature were the studied variables. Trough the response surface methodology, it was verified that both variables have influence on the particles’ size, although the solids concentration showed a bigger influence. The encapsulation of oregano oil has showed that inulin is an effective encapsulating agent.-------------------------------------A inulina e os FOS são compostos prebióticos, e deste modo o crescente interesse nestes constituintes naturais tem aumentado na última década, e suscitado a atenção por parte da indústria alimentar. Por outro lado, as suas propriedades, nomeadamente a capacidade de formação de cápsulas, permite a sua utilização como agente encapsulante. A presente dissertação pretendeu estudar a inulina, como matriz encapsulante de compostos bioactivos, para o que se recorreu a processos de secagem por liofilização e atomização. Os ensaios efectuados mostraram que o processo de atomização é o mais eficaz na formação de cápsulas de inulina. O diâmetro médio das partículas formadas variou entre 3 e 5 μm, e observou-se que o diâmetro diminui à medida que o grau de polimerização aumenta. De forma a optimizar o diâmetro e outras características das partículas, foram testadas diferentes condições de secagem, elaborando-se uma matriz de inulina. A concentração de sólidos solúveis e a temperatura de secagem foram as variáveis estudadas. Através da metodologia de superfície de resposta, verificou-se que ambas as variáveis têm influência sob o diâmetro de partícula, mas a concentração de sólidos apresentou uma maior influência. O encapsulamento do óleo de orégão comprovou que a inulina é um eficiente agente encapsulante.
Descrição: Mestrado em Engenharia Alimentar - Qualidade e Segurança Alimentar - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1895
Aparece nas colecções:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_formatada_Definitiva.pdfTESE8,16 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexos.pdfAnexos2,2 MBAdobe PDFVer/Abrir
Capa definitiva.pdfCapa35,41 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.