Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1890
Título: A utilização da madeira no aquecimento escolar na região de Viseu
Outros títulos: The use of wood in school heating at the council of Viseu
Autor: Pinto, Anabela Martins Correia
Orientador: Ferreira, José Vicente Rodrigues
Palavras-chave: wood
school heating
wood power
madeira
aquecimento escolar
energia da madeira
Data de Defesa: 2006
Resumo: The school net of the primary scholastic degree at the council of Viseu contains 105 (one hundred and five) schools well distributed by its 34 (thirty four) main localities. The heating systems are mostly composed by small wood stoves. However, this tendency has been changing as the city council intends to modify the wood heating systems to diesel heating systems. With this dissertation it was intended to compare, in an environmental point of view, schools with wood heating systems against schools with diesel heating systems. The methodology used in the environmental comparison of the two heating systems was the Life Cycle Assessment. The results were obtained using the SimaPro software, and it was concluded that the firewood heating systems are, according to the environmental point of view, preferable to the diesel heating systems, for most of the impact categories that were considered. According to the obtained results, recommendations have been made in order to allow decision agents to elaborate environmental friendly power policies due to the environmental impact and cost reduction as well as social improvement associated to school heating. ----RESUMO----A rede escolar do ensino básico no concelho de Viseu abrange 105 escolas distribuídas pelas suas 34 freguesias. Os sistemas de aquecimento são maioritariamente compostos por pequenos fogões alimentados a lenha. No entanto, esta tendência tem vindo a alterar-se na medida em que a autarquia pretende modificar os sistemas de aquecimento a lenha para sistemas de aquecimento central a diesel. Com este trabalho pretendeu-se comparar, do ponto de vista ambiental, as escolas que dispõem de sistemas de aquecimento a lenha com as escolas que apresentam sistemas de aquecimento a diesel. A metodologia utilizada na comparação ambiental dos dois sistemas de aquecimento foi a Análise de Ciclo de Vida (ACV). Os resultados foram obtidos com recurso ao software SimaPro, tendo-se concluído que os sistemas de aquecimento a lenha são do ponto de vista ambiental preferíveis aos sistemas a diesel para a maioria das categorias de impacte consideradas. Com base nos resultados obtidos, efectuaram-se recomendações de modo a permitir aos agentes decisores a elaboração de políticas energéticas mais amigas do ambiente que possibilitem a redução dos impactes ambientais e dos custos, bem como a melhoria das condições sociais que poderão estar associadas ao aquecimento escolar.
Descrição: Mestrado em Engenharia de Materiais Lenhocelulósicos - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1890
Aparece nas colecções:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese_definitiva.pdf1,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.