Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1750
Título: Política educativa para a saúde em Angola
Autor: Calelessa, José Domingos
Orientador: Matos, Maria Margarida Nunes Gaspar de
Neto, Carlos Alberto Ferreira
Palavras-chave: Competência
Educação
Formação
Gestão
Promoção
Saúde
Data de Defesa: 11-Mar-2010
Resumo: O presente trabalho situa-se no estudo da política educativa da saúde em Angola com vista a identificação e proposta de um modelo de gestão de saúde escolar e sua promoção na formação de professores que privilegie o conhecimento de acções favoráveis que contribua para educação da saúde no âmbito do sistema educativo. Foi utilizada uma metodologia combinatória de vários métodos desde o nível teórico (histórico - lógico; análises - sínteses; hipotético - dedutivo; enfoque sistémico - estrutural) ao empírico (revisão de documentos e técnicas de observação; questionário e entrevistas). A amostra é constituída por 180 participantes dos quais 18 directores da educação; 18 directores da saúde; 80 professores e 80 enfermeiros escolhidos aleatoriamente nas 4 regiões do país e 2 dirigentes nacionais. No que concerne a sua organização, o presente trabalho encontra-se estruturado em 5 capítulos. Os resultados revelam que a saúde escolar em Angola está inoperante, tendo sido identificada e proposta uma metodologia para implementação do modelo de gestão de saúde escolar que se caracteriza por ter 5 fases que expressam a mobilidade dos componentes e as suas relações essenciais, a fim de activar a saúde escolar no país.
This work is based on the study of educational policy on Health Services in Angola and the Identification as well as a proposal of a sample which should favour health knowledge and its interaction with the development of favourable measures that could contribute to the Schooling on Health in the kingdom of the Education system. We made use of several methodologies starting from the traditional hypothetical method (hypothesis, field-work, analysis of collected data, deductions, conclusions, and thesis – systemic and structural focus and interaction). We also used the empiric method to collect data in the original contexts (field-work)- interviews, questionnaires, field notes – in order to contextualize the data obtained. Therefore, we chose to do interviews at random sorting out a sample out of 180 participants: 18 of whom are school masters, 18 others are health directors (hospital directors), 80 teachers, 80 nurses and 2 national governors – all randomly selected from the 4 different regions (sample’s universe). As regarding the organization, this work is structured in 5 chapters. The results obtained from this study show that the health system in Angola and its interaction with the educational system is not operational. Thus, we intend to identify and propose a model method of management to be applied in both schools and health systems. It would be a 5 phased-method and it would be considered effective when applied correctly in both scholar systems and health systems, in order to provide a better and more operative interaction between both of them.
Descrição: Doutoramento em Motricidade Humana na especialidade de Educação Especial e Reabilitação
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1750
Aparece nas colecções:BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis
EER - Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Calelessa_TESE DEFINITIVA._2009_.zip24,23 MBWinZip 9.0Ver/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.