Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/1741
Título: Leishmaniose canina na zona do pinhal
Autor: Silva, António Alexandre Afonso Gonçalves Matias da
Orientador: Apolinário, Francisco Manuel Azedo
Afonso, Fernando Ribeiro Alves
Palavras-chave: Leishmaniose canina
Endémica
Seroprevalência
Zona do Pinhal
Zoonose
Canine leishmaniosis
Endemic
Serumprevalence
Zoonosis
Data de Defesa: 4-Mar-2010
Editora: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: SILVA, A. A. A. G. M. (2010). Leishmaniose canina na zona do pinhal. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A Leishmaniose canina (LCan) é uma zoonose parasitária vectorial, em Portugal a infecção é causada por protozoários de Leishmania infantum e é transmitida por flebótomos. Pode infectar vários Mamíferos, inclusive o homem embora o hospedeiro vertebrado preferencial para L. infantum seja o cão. Actualmente não existe no mercado europeu uma vacina anti-leishmaniose. Perante um diagnóstico da infecção, uma vez que os sintomas se manifestam, na ausência de tratamento, a situação evolui para a morte. Em Portugal existem regiões endémicas da doença com elevados valores de seroprevalência. Na área geográfica onde se desenvolveu este estudo, a Zona do Pinhal, mais concretamente no Concelho da Sertã, todos os anos são diagnosticados com a infecção dezenas de cães. Este documento justifica-se, no âmbito da Medicina Veterinária pela elevada casuística da doença na população canina desta região, por aqui existirem condições favoráveis ao desenvolvimento do vector, por esta ser uma área endémica e pelo perigo que todos estes factores conjugados podem representar para a Saúde Pública. Este trabalho, recai sobre uma amostra constituída por 22 cães com sintomatologia que indicia a infecção por Leishmania, aos quais foram efectuadas colheitas de sangue, das quais 21 deram resultados positivos num teste de serologia qualitativa baseado em técnicas de imunodifusão – Speed® Leish, BVT Virbac. Um grupo de 11 amostras de sangue dos cães da amostra foi escolhido para efectuar pesquisa de anticorpos anti-leishmania com o teste de Imunofluorescência indirecta (IFI), dos quais 8 deram resultados positivos. Para que se saiba quais os valores reais da seroprevalência da infecção nos cães na Zona do Pinhal, são necessários estudos adicionais com amostras mais representativas e períodos de estudo mais longos.
ABSTRACT - Canine leishmaniosis in Zona do Pinhal - Canine leishmaniosis (LCan) is a zoonotic vector-borne disease, in Portugal the infection is caused by the protozoa Leishmania infantum and transmitted by sandflies. Various Mammalian species can become infected, including humans, although the preferential vertebrate host for L. infantum is the dog. Presently there isn’t in the European market an anti-leishmaniasis vaccine. In face of diagnosis of infection, as the symptoms are manifest, in the absence of treatment, the situation progresses to death. In Portugal there are geographical regions in which the disease is endemic with high levels of seroprevalence. In the geographical area where this study was developed, Zona do Pinhal, especially in the county of Sertã, every year tens of dogs are diagnosed with the infection. This document justifies itself in the Veterinary Medicine scope by the disease high rate in the canine population of this region, by the favorable conditions to the vector development existing here, because this is and endemic area and for the danger that all these factors together can represent to the Public Health. This study deals about a sample of 22 dogs with symptoms suggesting infection with Leishmania, from which blood samples were drawn, of which 21 were positive in a qualitative serological test based on immunodiffusion techniques – Speed® Leish, BVT Virbac. A group of 11 blood samples were chose to perform anti-leishmania antibody search with Immunofluorescent antibody test (IFAT), of which 8 rendered positive results. In order to establish the real values of the prevalence of infection in dogs in Zona do Pinhal, additional studies are needed with more representative samples and longer study periods.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1741
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LEISHMANIOSE CANINA NA ZONA DO PINHAL.pdf2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.